Campeã olímpica Missy Franklin anuncia aposentadoria precoce da carreira


A americana Missy Franklin anunciou esta quarta-feira (19) a fim precoce de sua carreira, aos 23 anos de idade. A americana, donas de cinco medalhas de ouro olímpicas, justificou a decisão de deixar as piscinas dizendo que não conseguiu se livrar da dor crônica no ombro que a perturba desde 2015.

"Demorei muito tempo para dizer as palavras 'estou me retirando'. Mas agora estou pronta. Estou pronta para não sentir dor todos os dias. Estou pronta para ser uma esposa e um dia ser mãe. Estou pronta para continuar a crescer a cada dia para ser a melhor pessoa e um modelo a seguir. Estou pronta para o resto da minha vida", justificou.

Em Londres 2012, Franklin, então com 17 anos, foi a primeira mulher americana a conquistar quatro medalhas de ouro numa única edição de Jogos Olímpicos. Duas destes ouros foram individuais, nos 100m e 200m costas.

No ano seguinte, no Mundial de Barcelona, foram seis as vezes que subiu ao mais alto lugar do pódio, três delas em provas individuais. Houve até quem projetasse  que ela iria dominar a natação feminina, assim como Michael Phelps fazia na masculina

Depois de Barcelona, recusou a oportunidade financeira de se tornar profissional, optando por ingressar na Universidade da Califórnia-Berkley, representando a sua equipe. E foi aí que ela teve o seu primeiro revés na carreira, tendo uma lesão nas costas.

Tornou-se profissional antes dos Jogos Olímpicos Rio 2016 e regressou ao Colorado para treinar com o seu técnico de juventude, Todd Schmitz.

As altas expectativas esbarraram numa dor de ombro intensa, que a forçou a abandonar uma competição a quatro meses do Rio 2016. Mas publicamente, manteve atitude positiva, contudo, mais tarde, revelaria que lutava contra depressão, ansiedade e insônias.

Nos Jogos Rio 2016, ela conquistou sua quinta e última medalha de ouro olímpica, no revezamento 4x200m livre.

Foto: Reuters





Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes