Assassino da irmã da jogadora de vôlei Dani Scott se entrega à polícia

A polícia de Baton Rouge em Lousiana (USA) divulgou que Michael Vallery se entregou na noite da véspera de natal. Michael esfaqueou a irmã da ex-jogadora Dani Scott-Arruda, que também foi esfaqueada ao defender a irmã. Stefanny Vallery acabou falecendo após ao ataque, ocorrido em 18 de novembro. 

Michael estava foragido desde então e agora aguardará julgamento preso. Segundo a polícia, Michael não aceitava o divórcio e atacou Stefanny e com a chegada de testemunhas, fugiu e retornou ao local para esfaquear a ex-esposa, ferindo Dani Scott e sua filha, com o mesmo nome da jogadora. 

Scott, que retirou três pinos da mão em operação e ainda usa talas para se recuperar, comentou a notícia no instagram: "Fiz o meu melhor para me manter otimista durante o período de luto pela morte da minha irmã, lidando com as cenas horríveis que testemunhei e os olhares que só tem alguma deficiência física conhece. Mas esse tempo todo o assassino estava livre e havia um sentimento inquietante, um medo de olhar para trás e imaginar se e quando ele apareceria. Pois Michael Vallery apareceu na porta da casa das minhas sobrinhas e se entregou, no que minha filha chamou de "Milagre de Natal". Minha confiança está no Senhor, que é fiel e justo, e minha irmã Stef está salva"

Michael Vallery responderá por homicídio em primeiro grau pela morte da ex-esposa e tentativa de homicídio de Dani Scott e da própria filha.


foto:AFP

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes