Seleção brasileira embarca nesta terça-feira para a Holanda, onde disputará a etapa de Haia do Grand Prix de Judô

Depois de conquistar 11 medalhas no Grand Prix de Cancún em outubro, a seleção brasileira de judô voltará aos tatames do Circuito Mundial de Judô nesta semana para a disputa do Grand Prix de Haia, na Holanda. A delegação embarcou nesta terça-feira, 13, para a Europa e a competição será nos dias 16, 17 e 18. 

Nessa etapa, o Brasil terá 19 representantes: Phelipe Pelim (60kg), Felipe Kitadai (60kg), Daniel Cargnin (66kg), Charles Chibana (66kg), Eduardo Barbosa (73kg), David Lima (73kg), Rafael Macedo (90kg), Eduardo Bettoni (90kg), Leonardo Gonçalves (100kg) e Rafael Buzacarini (100kg), no masculino, ao lado de Sarah Menezes (48kg), Nathália Brígida (48kg), Larissa Pimenta (52kg), Eleudis Valentim (52kg), Ketleyn Quadros (63kg), Yanka Pascoalino (63kg), Maria Portela (70kg), Ellen Santana (70kg) e Samanta Soares (78kg), nas chaves femininas.

Ao todo, estão inscritos 443 judocas de 66 países, sendo 258 homens e 185 mulheres.

As etapas de Grand Prix do Circuito Mundial distribuem até 700 pontos no Ranking Internacional. O campeão leva a pontuação máxima, o vice fica com 490 pontos e os medalhistas de bronze com 350.

Além desse Grand Prix, a seleção brasileira de judô lutará outras duas etapas neste ano: o Grand Slam de Osaka, no Japão, e o World Masters, em Gwangzhou, na China, disputa que reúne apenas os 16 melhores judocas de cada categoria de peso. 

Foto; IJF


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes