Masters de Judô em Guangzhou já conta com 12 judocas brasileiros

A Federação Internacional de Judô (IJF) atualizou na segunda (26) o ranking mundial. Esta atualização foi importante, porque definiu os judocas classificados para o Masters de Guangzhou (CHN), última competição do ano no calendário da modalidade e que se mostra importante para os atletas que pretendem uma classificação para Tóquio/2020, pois vai atribuir uma relevante pontuação aos vencedores.

Cada judoca que for campeão na China somará 1.800 pontos no ranking muncial. O segundo lugar ficará com 1.260 pontos e os medalhistas de bronze, 900. É uma pontuação bastante superior, por exemplo, a de Grand Slams, que atribuem até 1.000 pontos por judoca, e a de Grand Prix, competição que chega a somar 700 pontos. Lembrando que a título de pontuação olímpica, esses valores são divididos pela metade.

Como no Masters, que será realizado dias 15 e 16 de dezembro, participam apenas os 16 melhores de cada categoria, pela lista da IJF o Brasil teria 13 judocas aptos para disputar a competição. Na prática, são 12, pois um deles, Érika Miranda (52 kg), anunciou sua aposentadoria e não participará do torneio.

Mas existe uma chance do judô brasileiro conseguir mandar mais judocas à China. Para isso, depende de convites concedidos pela IJF, em razão de possíveis desistências. Hoje, o brasileiro que está mais próximo de conseguir um destes convites é Phelipe Pelim, atual 17º no ranking da categoria até 60 kg.

Dentro da CBJ (Confederação Brasileira de Judô), há uma expectativa de poder disputar o Masters com até 14 atletas.

Judocas classificados
Confira a lista dos judocas do Brasil que têm presença garantida no Masters de Gwangzhou, na China:

Feminino
52 kg – Jéssica Pereira (8ª no ranking)
57 kg – Rafaela Silva (11ª)
70 kg – Maria Portela (3ª)
78 kg – Mayra Aguiar (7ª)
+ 78 kg – Maria Suelen Altheman (6ª) e Beatriz Souza (9ª)

Masculino
60 kg – Eric Takabatake (9º)
66 kg – Daniel Cargnin (12º) e Charles Chibana (16º)
81 kg – Eduardo Yudi Santos (12º)
+ 100 kg: David Moura (4º) e Rafael Silva (10º)

Fonte: Laguna Olímpico

Foto: IJF


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes