IBU suspende de forma provisória 9 biatletas cazaques envolvidos em crimes de doping

Nove biatletas do Cazaquistão foram suspensos provisoriamente em conexão com investigações criminais de doping na Áustria e na Itália, anunciou hoje a União Internacional de Biatlo (IBU).

Os nove competidores estavam entre os 10 atletas do país detidos durante o IBU World Championships do ano passado em Hochfilzen.

Os atletas envolvidos agora têm a oportunidade de fornecer ao IBU uma "explicação adequada" da suposta violação das regras antidoping.

A IBU decidirá, então, se alguma ação adicional deve ser tomada depois de receber o esclarecimento dos nove biatletas.

A lista de competidores que recebem que foram suspensos de forma provisória, inclui: Olga Poltoranina e Yan Savitsky, medalhistas de ouro dos Jogos Asiáticos, Galina Vishnevskaya, duas vezes medalhista de ouro da Winter Universiade e Alina Raikova, que conquistou o título individual na Winter Universiade de 2015.

Anton Pantov, medalhista de Winter Universiade, Darya Klimina, Maxim Braun, Anna Kistanova e Vassiliy Potkorytov são os outros atletas envolvidos.

Em um comunicado, a IBU confirmou que as suspensões provisórias estavam vinculadas a investigações que estão sendo realizadas na Áustria e na Itália.

Ele marca o mais recente desenvolvimento da situação atual da equipe de biatlo do Cazaquistão.

O médico da seleção de biatlo do Cazaquistão, Khossilbek Tagayev, foi suspenso provisoriamente em março, depois que a polícia italiana encontrou a substância proibida prednisolona em seu quarto de hotel.

Os 9 atletas cazaques foram testados para saber se estavam ou não dopados mas todos os exames mostraram o resultado negativo.

Foto:Getty Images

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes