Grand Prix de Patinação Artística 2018/2019 - Rostelecom Cup: Dia 1

A Rostelecom Cup, quinta etapa do Grand Prix de Patinação Artística 2018, disputada em Moscow,Rússia, nesta sexta-feira confirmou a supremacia de seus favoritos: no dia de programas curtos e dança rítmica, vitórias folgadas de Alexandra Stepanova e Ivan Bukin na Dança no Gelo e de Evgenia Tarasova e Vladimir Morozov nos pares. No feminino e no masculino, vitórias esmagadoras dos campeões olímpicos Alina Zagitova—mais de 13 pontos de diferença—e de Yuzuru Hanyu: mais de 20 pontos de diferença e 16o. recorde mundial da carreira.

Masculino:

O japonês Yuzuru Hanyu mais do que confirmou o favoritismo: simplesmente dominou o gelo como quis e em uma execução sem erros e de altíssimo grau de dificuldade de seu programa curto—"Otonal", de Raul de Blasio—se tornou o primeiro patinador na temporada de 2018 a marcar mais de 110 pontos no programa curto, estabelecendo novo recorde mundial. na entrevista coletiva após a competição, Hanyu se mostrou mais contente com a própria performance do que em Helsinki, mas disse que ainda tem o que melhorar: "Estou satisfeito com a minha performance. Não posso dizer que foi perfeita, especialmente o quadruplo toe-triplo toe. Mas estou feliz que conquistei um nível quatro em cada elemento e o grau de execução do triplo axel e do quad salchow foi realmente bom. Não houve tempo suficiente entre as competições e eu precisei controlar meu treinamento na última semana, o que foi um pouco difícil".

Em segundo lugar, Morisi Kvitelashvili da Geórgia conseguiu uma performance bastante limpa e conquistou 89.94 pontos. Em terceiro ficou Alexander Majorov, da Suécia, que marcou 82.33 pontos, 0,07 ponto à frente do japonês Kazuki Tomono.

O canadense Keegan Messing, um dos candidatos à vaga na final do Grand Prix teve uma queda e problemas de sub-rotação em saltos, além de perda de sincronia com a música em vários momentos. Ficou com 73.83 pontos, apenas no sétimo lugar. 

CLASSIFICAÇÃO - MASCULINO-PROGRAMA CURTO:

1. Yuzuru Hanyu (JPN) 110.53 pontos
2. Morisi Kvitelashvili (GEO) 89.94 pontos
3. Alexander Majorov (SUE) 82.33 pontos
4. Kazuki Tomono (JPN) 82.26 pontos
5. Paul Fentz (ALE) 78.28 pontos
6. Alexei Krasnozhon (EUA) 75.32 pontos
7. Keegan Messing (CAN) 73.83 pontos
8. Mikhail Kolyada (RUS) 69.10 pontos
9. Artur Dmitriev Jr. (RUS) 67.58 pontos
10. Brendan Kerry (AUS) 65.22 pontos
11. Andrei Lazukin (RUS) 62.45 pontos
12. Julian Zhi Jie Yee (MAS) 60.37 pontos

Dança no Gelo:

Um programa que mostrou muita tensão, mas com bom efeito final: assim se pode definir a Dança Rítmica de Alexandra Stepanova e Ivan Bukin, que terminaram o dia em primeiro lugar, quase 5.5 pontos à frente dos norte-americanos Christina Carreira e Anthony Ponomarenko. Com um erro maior que poderia custar a performance inteira—Stepanova perdeu o equilíbrio na primeira sequência de Tango Romantica e quase caiu—a dupla russa, em uma performance nervosa mas extremamente determinada compensou o prejuízo em giros e levantamentos de nível quatro, e terminou o dia no primeiro lugar com 74.49 pontos. 

Ainda bastante descontentes, durante a entrevista coletiva ressaltaram a necessidade de deixar as falhas para trás: "É difícil analisar o erro agora, acabou de acontecer. Vamos verificar isso, mas não agora, como temos a dança livre amanhã e estamos nos preparando para ela." comentou Bukin.

Christina Carreira e Anthony Ponomarenko mostraram a boa qualidade que tem marcado sua temporada de estréia na categoria senior: 69.01 pontos, amparados em um trabalho de passos e giros preciso e intenso. Em terceiro ficou a dupla da Espanha Sara Hurtado e Kirill Khaliavin, com a segunda melhor nota artística do dia, e somando 66.40 pontos.

CLASSIFICAÇÃO - DANÇA NO GELO - DANÇA RÍTMICA (TANGO):

1. Alexandra Stepanova/Ivan Bukin (RUS) 74.49 pontos
2. Christina Carreira/Anthony Ponomarenko (EUA) 69.01 pontos
3. Sara Hurtado/Kirill Khaliavin (ESP) 66.40 pontos
4. Natalia Kaliszek/Maksym Spodyriev (POL) 66.30 pontos
5. Allison Reed/Saulius Ambrulevicius (LTU) 64.54 pontos
6. Sofia Evdokimova/Egor Bazin (RUS) 64.05 pontos
7. Anna Yanovskaya/Adam Lukacs (HUN) 54.83 pontos
8. Misato Komatsubara/Tim Koleto (JPN) 52.99 pontos
9. Annabelle Morozov/Andrei Bagin (RUS) 51.69 pontos


Pares:

Os russos Evgenia Tarasova e Vladimir Morozov capricharam na firmeza dos elementos e na sincronia, e conquistaram o primeiro lugar no programa curto em sua melhor performance da temporada: 78.47 pontos. Em segundo, Nicole Della Monica e Matteo Guarise, da Itália também fizeram uma performance de alta qualidade, com ênfase em lifts e lançamentos, somando 72.32 pontos.

O terceiro lugar ficou com outra dupla da Rússia, Daria Pavliuchenko e Denis Khodykin. Campeões mundiais junior de 2018, muito jovens— respectivamente com 15 e 19 anos—entregaram um programa forte, com diversos elementos em nível quatro e marcaram 69.38 pontos.

Os medalhistas de prata e bronze da etapa Skate America, que disputam vagas nas finais do Grand Prix tiveram um dia muito complicado: os russos Alisa Efimova e Alexander Korovin não seguraram os níveis de seu programa, cometeram erros no salto lançado e acabaram o dia em quarto lugar, enquanto os norte-americanos  Ashley Cain e Timothy LeDuc tiveram um erro grave com a falha total de execução do salto lançado que nem chegou a decolar: o elemento obrigatório foi anulado, o que valeu um grande prejuízo na nota. O sétimo lugar com 58.79 pontos, vinte atrás dos líderes, pode por fim a suas chances de disputar a final a partir de 6 de dezembro.

CLASSIFICAÇÃO - PARES-PROGRAMA CURTO:

1. Evgenia Tarasova/Vladimir Morozov (RUS) 78.47 pontos
2. Nicole Della Monica/Matteo Guarise (ITA) 72.32 pontos
3. Daria Pavliuchenko/Denis Khodykin (RUS) 69.38 pontos
4. Alisa Efimova/Alexander Korovin (RUS) 65.46 pontos
5. Miriam Ziegler/Severin Kiefer (AUT) 63.75 pontos
6. Ekaterina Alexandrovskaya/Harley Windsor (AUS) 59.28 pontos
7. Ashley Cain/Timothy LeDuc (EUA) 58.79 pontos
8. Deanna Stellato-Dudek/Nathan Bartholomay (EUA) 51.25 pontos


Feminino:

Alina Zagitova, da Rússia, entrou determinada a não errar, e conseguiu: numa performance mais acelerada que o normal mas bastante precisa e firme conquistou 80.78 pontos. A patinadora se mostrou centrada e com muito foco para encarar o segundo dia: "Antes do programa curto eu só pensava sobre o meu programa, e depois do programa eu me senti um pouco feliz, mas amanhã ainda é outro dia. Os pontos ou minha colocação não são importantes para mim, para mim apenas importa patinar limpo e por meu coração nisso."

A medalhista de bronze do Skate America, Sofia Samodurova, da Rússia terminou o dia em segundo e em terceiro ficou a suíça Alexia Paganini, ambas marcando suas melhores performances da temporada. 

Duas patinadoras em destaque tiveram um dia caótico: a japonesa Mako Yamashita, medalha de prata no Skate Canada e candidata a uma das vagas na final teve uma performance totalmente problemática, com quedas, saltos abortados e uma combinação não executada, ficando na penúltima posição. A bicampeã dos EUA, medalha de bronze por equipes e quarta colocada no individual nas Olimpíadas de Sochi-2014 , Gracie Gold fez seu retorno às competições após um longo afastamento por problemas de saúde: teve três dos quatro saltos anulados, erros de sub-rotação e lâmina no único salto validado e erros de giro. Com apenas 37.51 pontos ficou na última posição. A coragem de Gold no entanto não passou em branco: os fãs do esporte lotaram suas redes sociais com mensagens de apreciação, elogiando sua boa vontade e dedicação em competir. Em uma postagem no Twitter, Gracie Gold agradeceu as manifestações: "Estou absolutamente impressionada pelas suas palavras e apoio. Não tenho como agradecer o suficiente. O único lugar daqui adiante é para cima."

CLASSIFICAÇÃO - FEMININO-PROGRAMA CURTO:

1. Alina Zagitova (RUS) 80.78 pontos
2. Sofia Samodurova (RUS) 67.40 pontos
3. Alexia Paganini (SUI) 63.43 pontos
4. Elizabet Tursynbaeva (CAZ) 61.73 pontos
5. Yuna Shiraiwa (JPN) 60.35 pontos
6. Eunsoo Lim (COR) 57.76 pontos
7. Polina Tsurskaya (RUS) 56.81 pontos
8. Yura Matsuda (JPN) 52.00 pontos
9. Mako Yamashita (JPN) 51.00 pontos
10. Gracie Gold (EUA) 37.51 pontos



Foto: ISU

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes