Grand Prix de Patinação Artística 2018 – Helsinki Grand Prix: Dia 1

Um dia de surpresas, falhas e problemas na terceira etapa do Grand Prix de Patinação Artística, disputada em Helsinki, Finlândia. Em duplas, os italianos Matteo Guarise e Nicole Della Monica conseguiram o primeiro lugar por 0,59 ponto num dia em que outros favoritos foram mal e não houveram programas limpos. No feminino, um dia bastante tumultuado, com a russa Alina Zagitova (foto) liderando com folga, mas com problemas num salto e sem comemorar. Em Dança no Gelo, uma música errada para Charlene Guignard e Marco Fabbri: e a liderança dos russos Alexandra Stepanova e Ivan Burkin sobre a dupla italiana, ganha no desconto de um ponto por violação de tempo.

Duplas:

Num dia de muitas quedas e nenhum programa sem erros sérios, valeu a ousadia das duas duplas que terminaram nas primeiras colocações: com um esquema de elementos extremos, como liftings e espiral da morte em nível 4, os italianos Nicole Della Monica e Matteo Guarise conseguiram uma performance bastante impressionante que garantiu a melhor pontuação da dupla no ano, mas que não correu sem falhas: Della Monica teve uma saída ruim em um salto triplo Salchow logo no início do programa, que custou na pontuação. A italiana lamentou o erro: “Estávamos bem preparados, treinamos muito nas últimas semanas, mas as pernas estavam trêmulas. Não foi nossa melhor performance”.

Em segundo, com uma coreografia ousada e vigorosa, os russos Natalia Zabiiako e Alexander Enbert começaram o programa bem, mas Enbert caiu em um salto triplo Toeloop. Ainda assim mantiveram o ritmo intenso e conseguiram a segunda posição, menos de 0,6 ponto atrás dos italianos e a melhor avaliação de componentes artísticos do dia.

Os norte-coreanos Tae Ok Ryom e Ju Sik Kim, apontados como favoritos à disputa do ouro não tiveram um bom dia: com o mesmo programa que lhes valeu a medalha de bronze no Campeonato dos Quatro Continentes tiveram queda e sub-rotação num salto triplo Toeloop e uma falha de saída num lançamento, onde Tae Ok teve que apoiar a mão no gelo. O resultado foi apenas o quinto lugar, mais de 12 pontos atrás dos líderes.

CLASSIFICAÇÃO - DUPLAS-PROGRAMA CURTO:

1. Nicole Della Monica/Matteo Guarise (ITA)68.18 pontos
2. Natalia Zabiiako/Alexander Enbert (RUS)67.59 pontos
3. Daria Pavliuchenko/Denis Khodykin (RUS)63.80 pontos
4. Miriam Ziegler/Severin Kiefer (AUT) 62.69 pontos
5. Tae Ok Ryom /Ju Sik Kim (PRK) 56.87 pontos
6. Deanna Stellato-Dudek/Nathan Bartholomay (EUA) 56.44 pontos
7. Laura Barquero/Aritz Maestu (ESP) 50.91 pontos
8. Miu Suzaki/Ryuichi Kihara (JPN) 46.22 pontos

Feminino:

Um dia complicado também para as mulheres onde apenas a finlandesa Emmi Peltonen entregou uma performance sem falhas severas: os elementos mais simples lhe valeram apenas a 5a. colocação no programa curto. A vitória no dia ficou com a russa Alina Zagitova, campeã olímpica de PyeongChang, que falhou na segunda metade de uma combinação de saltos logo no início do programa mas se segurou no resto, com boa execução de um salto duplo Axel e vários elementos em nível 4. Mesmo com o resultado, mais de 5 pontos à frente da segunda colocada, a japonesa Yura Shiraiwa, Zagitova  demonstrou muita frustração com o resultado: “Honestamente, não é muito importante para mim. Minha pontuação, meu primeiro lugar realmente não importa se eu não patino sem falhas. Sempre quero fazer meu trabalho no gelo o melhor que eu possa. Não consegui fazer hoje, então não estou feliz comigo”.

A tristeza de Zagitova, no entanto não chegou perto do drama vivido por outra favorita, Kaori Sakamoto, que entrou logo após a russa e parecia com toda a chance de saltar para a primeira colocação. Mas com um programa dominado pelo nervosismo, duas quedas e erros que iam se acumulando, a japonesa deixou o gelo apoiada pela torcida mas sem conseguir segurar as lágrimas: no final, apenas 57.26 pontos e uma 7a. colocação no dia, o que põe em risco sua ida para a final do Grand Prix. 

CLASSIFICAÇÃO - FEMININO-PROGRAMA CURTO: 

1. Alina Zagitova (RUS) 68.90 pontos
2. Yuna Shiraiwa (JPN) 63.77 pontos
3. Loena Hendrickx (BEL) 63.17 pontos
4. Stanislava Konstantinova (RUS) 62.56 pontos
5. Emmi Peltonen (FIN) 59.90 pontos
6. Daria Panenkova (RUS) 58.23 pontos
7. Kaori Sakamoto (JPN) 57.26 pontos
8. Hanul Kim (COR) 55.38 pontos
9. Angela Wang (EUA) 53.76 pontos
10. Viveca Lindfors (FIN) 52.95 pontos
11. Rika Hongo (JPN) 51.11 pontos

Dança no Gelo:

Mais problemas no dia da Dança Rítmica, primeiro segmento da competição de Dança no Gelo. Em um dia que viu performances muito fortes das três duplas que ficaram nas primeiras colocações, um incidente inusitado pode ter decidido a vitória por 0,82 ponto para os russos Alexandra Stepanova e Ivan Burkin: um erro de música tocada para a dupla que ficou em segundo lugar, Charlene Guignard e Marco Fabbri, da Itália. 

Aguardando por sua seleção de tangos para a performance, a dupla italiana foi surpreendida por “Clair de Lune”, peça clássica de Claude Debussy enchendo os alto-falantes do Helsinki Ice Hall. Guignard e Fabbri comunicaram o erro aos juízes, que permitiram à dupla aguardar até que o engano fosse resolvido. Após a solução do problema a performance dos italianos foi bem focada, a melhor do dia na soma final e nos elementos técnicos. Mas eles acabaram recebendo um ponto de dedução por estourar o tempo limite, que os deixou atrás na classificação: “Tivemos esse problema com a música (errada) no começo e daí sentimos que a música estava mais lenta, então recebemos uma punição por violação de tempo. Não sabemos o que aconteceu hoje”, explicou Fabbri.

Em terceiro ficaram os norte-americanos Lorraine McNamara e Quinn Carpenter, cerca de 7 pontos atrás dos líderes.

CLASSIFICAÇÃO - DANÇA NO GELO - DANÇA RÍTMICA (TANGO) 

1. Alexandra Stepanova/Ivan Burkin (RUS) 78.18 pontos
2. Charlene Guignard/Marco Fabbri (ITA) 77.36 pontos
3. Lorraine McNamara/Quinn Carpenter (EUA) 71.40 pontos
4. Christina Carreira/Anthony Ponomarenko (EUA) 66.93 pontos
5. Sara Hurtado/Kirill Khaliavin (ESP) 66.25 pontos
6. Juulia Turkkila/Matthias Versluis (FIN) 63.06 pontos
7. Betina Popova/Sergey Mozgov (RUS) 62.35 pontos
8. Jasmine Tessari/Francesco Fioretti (ITA) 58.48 pontos
9. Shari Koch/Christian Nüchtern (ALE) 56.71 pontos
10. Katharina Müller/Tim Dieck (ALE) 56.59 pontos


Foto: Reuters

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes