Equipe feminina do Brasil estreia invicta no Pan-Americano de Tênis de Mesa; Masculino perde uma

A equipe feminina do Brasil teve uma grande estreia no Campeonato Pan-Americano de Tênis de Mesa, em Santiago, no Chile. Na terça-feira (20), no Centro de Entrenamiento Olímpico, as brasileiras derrotaram México e Cuba, ambos por 3 a 1, pela fase de classificação, avançando em primeiro lugar no grupo 1. As adversárias das quartas de final ainda não estão definidas.

O Brasil entrou com a responsabilidade de ter sido o último campeão da competição feminina e não decepcionou. No primeiro confronto, bateu o México. Vitórias da dupla Lin Gui/Jéssica Yamada sobre Marbella Aceves/Clio Barcenas, por 3 a 1 (11/8, 11/4, 8/11 e 11/6); de Lin Gui sobre Clio Barcenas, por 3 a 2 (11/8, 2/11, 11/8, 7/11 e 15/13); e, de Jessica Yamada contra Yadira Silva, por 3 a 0 (11/4, 11/6 e 11/5). Bruna Takahashi foi derrotada por Yadira Silva, por 3 a 2 (11/13, 11/5, 11/9, 6/11 e 7/11).

No segundo confronto, novo triunfo sobre Cuba, com uma vitória da dupla Lin Gui/Jéssica Yamada contra Idalys Lovet/Daniela Fonseca Carrazana, por 3 a 2 (13/15, 11/7, 14/12, 7/11 e 11/7); e duas de Bruna Takahashi, sobre Lisi Castillo e Idalys Lovet, por 3 a 0 (11/2, 11/8 e 11/4) e 3 a 1 (7/11, 11/2, 11/4 e 11/7), respectivamente. Lin Gui foi derrotada por Daniela Fonseca Carrazana, por 3 a 0 (11/8, 11/6 e 11/9).

“Estou feliz de ter conseguido vencer as minhas partidas e ajudado a equipe a alcançar a vitória. Foi uma boa estreia, mas o torneio é longo. Então, temos de nos manter firmes e focadas para conseguir ganhar cada adversário que enfrentarmos”, disse Jessica Yamada, que ressaltou o bom entrosamento com Lin Gui nas duplas.

Equipe masculina perde uma mas se reabilita
A equipe masculina foi derrotada pelos Estados Unidos por 3 a 1, mas venceu a República Dominicana por 3 a 0. Americanos e dominicanos se enfrentam nesta quarta-feira, às 13h (de Brasília). O Brasil já garantiu a classificação em segundo lugar, mas ainda pode ser primeiro, dependendo de uma vitória da República Dominicana por 3 a 0.

No duelo contra os americanos, a dupla Thiago Monteiro/Vitor Ishiy garantiu uma vitória sobre Nicholas Tio e Nikhil Kumar, por 3 a 1 (8/11, 12/10, 11/6 e 11/9). Mas depois, nos duelos individuais, acabou colhendo três derrotas: Eric Jouti para Kanak Jha, por 3 a 2 (6/11, 7/11, 11/3, 11/6 e 1/11); Vitor Ishiy para Nikhil Kumar, por 3 a 1 (11/4, 10/12, 8/11 e 15/17); e, Thiago Monteiro para Kanak Jha, por 3 a 0 (8/11, 6/11 e 7/11).

Contra os dominicanos, três vitórias tranquilas, todas por 3 a 0. A dupla Humberto Manhani/Thiago Monteiro bateu Isaac Vila e Samuel Galvez (11/8, 11/8 e 13/11). Eric Jouti superou Emil Santos (11/4, 11/9 e 11/6). E Thiago Monteiro passou por Samuel Galvez (11/4, 11/2 e 11/3).

Foto: ULTM


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes