Brasil leva mais treze medalhas na Natação do Sul-Americano de Esportes Aquáticos

O Brasil conquistou, no sábado (10), mais 13 medalhas nas disputas de Natação do Campeonato Sul-Americano de Desportos Aquáticos, realizadas no Centro Aquático de Trujillo, no Peru. Além das medalhas, a seleção brasileira quebrou três recordes.

Nos 100m livre, domínio total dos brasileiros. No feminino, Daynara de Paula e Rafaela Raurich fizeram a primeira dobradinha do dia para o Brasil. Daynara conquistou o ouro (56s41) e Rafaela a prata (57s26). No masculino, Breno Correia e João de Lucca repetiram o trabalho das garotas. Breno com o ouro (48s19) e João de Lucca com a prata (49s98). Com o tempo, Breno estabeleceu o novo recorde de campeonato.

Já nos 50m costas, Guilherme Guido mostrou que continua em grande forma. O atleta da seleção brasileira conquistou mais uma medalha de ouro no Campeonato Sul-Americano de Desportos Aquáticos e, além disso, estabeleceu um novo recorde de competição (25s01). Nathan Bighetti ficou em 5º lugar.

Nos 50m borboleta, outra dobradinha para o Brasil e outra vez com Daynara de Paula. Desta vez, a atleta da seleção brasileira dividiu o pódio com Giovana Diamante. Daynara completou os 50m borboleta em 27s05 e Giovana em 27s21. Entre os homens, Pedro Vieira conquistou a prata com 23s95.

O Brasil conquistou mais duas medalhas de prata nos 400m medley. Gabrielle Roncatto e Icaro Ludgero foram os responsáveis pelas conquistas. Nos revezamentos 4x200m, as meninas do Brasil conquistaram mais uma prata e os meninos com ouro. Com 7m22s97, o revezamento masculino estabeleceu o novo recorde de campeonato.

Com as medalhas deste sábado (10), o Brasil chega a 69 medalhas na competição. Ao todo, são 34 de ouro, 25 de prata e 10 de bronze.

Foto: CBDA/SSPress


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes