Técnico da equipe russa de Luta pode ser suspenso por três anos por agredir árbitro


A União Mundial de Luta está estudando punições para o técnico da equipe nacional da Rússia, Dzhambulat Tedeev, que agrediu um árbitro durante o Campeonato Mundial que está sendo disputado em Budapeste, Hungria. Segundo a entidade, Tedeev pode ser banido do esporte por até três anos. o que o afastaria dos trabalhos de preparação da Rússia para as Olimpíadas de Tóquio.

O ataque aconteceu no dia 21, logo após a derrota do russo Ghadzidmurad Rashidov para o cubano Yowlys Bonne, na categoria masculina estilo livre até 61 kg. Segundo o técnico russo, os árbitros não viram ao menos um push-out de Rashidov, o que garantiria sua vitória na luta. Com o anúncio da vitória de Bonne, Tedeev, bastante alterado, começou a gritar para o juiz e acabou recebendo um cartão vermelho, denotando expulsão da arena. O técnico russo saltou em direção ao juiz, o empurrou e precisou ser contido e conduzido por presentes para fora do local, sob as vaias dos torcedores.

O credenciamento de Tedeev para o Campeonato Mundial foi revogado. Com a vitória da Rússia na categoria masculina estilo livre, segundo declarações de presentes o treinador teria tentado comparecer à cerimônia de premiação, mas de acordo com a União Mundial de Luta, não esteve no local. Mais tarde, comissários da entidade confirmaram que Tedeev não deu explicações sobre os acontecimentos e que o Comitê de Ética irá decidir uma punição.


Foto:RussiaWrestling

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes