Mulher é atingida por bola de golfe, perde a visão de um olho e entra com processo contra Ryder Cup

Corine Remande, de 49 anos, acompanhava a Ryder Cup, em Paris quando foi atingida pela bola do golfista norte-americano Brooks Koepka diretamente no olho direito. Nesta terça-feira (2) o diagnóstico médico confirmou que a francesa perdeu a visão do olho . A espectadora, em declaração à Agência AFP, disse que irá processar a organização do torneio.

A francesa, que mora junto do marido no Egito, teve confirmada uma fratura da órbita direita e uma "explosão" do globo ocular no acidente. Contudo, depois de exames mais aprofundados, foi constatada a perda da visão. Corine e o marido devem se encontrar com um advogado para determinar as ações cabíveis.

"Eles me disseram que perderia a visão deste olho, algo que hoje me confirmaram" declarou Corine ao deixar o hospital nesta segunda-feira à noite (1).

O casal, que se diz apaixonado pelo esporte, foi para Paris somente para acompanhar o torneio. Depois do acidente, demonstraram revolta com o tratamento recebido pela organização da Ryder Cup - principalmente com o comissário da prova que não alertou a aproximação da bola na área reservada ao público.

"É óbvio que há uma responsabilidade dos organizadores. Ele (comissário) deveria ter gritado para avisar quando viu que a bola do jogador estava indo em direção ao público" completou.

O acidente ocorreu na sexta-feira no buraco 8 do Le Golf National, na primeira tacada de Brooks Koepka, campeão do US Open e do Campeonato PGA deste ano e que defendia a equipe dos Estados Unidos contra a seleção da Europa.


foto: Frank Fipe/ AFP
Com informações de globoesporte.com

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes