Grand Prix de Judô - Etapa de Cancún: Dia 02


No segundo dia de lutas no Grand Prix de Cancún, no México, o destaque ficou por conta da Aústria, que levou os dois ouros dos pesos femininos disputados. Suécia e Bélgica também subiram ao lugar mais alto do pódio.

FEMININO

(-63kg) A medalhista de ouro do Grand Prix de Antalya, Magdalena KRSSAKOVA (AUT), completou seu “hat-trick” com a vitória no segundo dia no México. A ex-medalhista de ouro do Grand Slam de Tyumen, Catherine BEAUCHEMIN-PINARD (CAN), ficou com a prata. A final foi decidida quando a judoca canadense foi penalizada com seu terceiro shido, devido cometer uma infração por falta de combatividade.

As medalhas de bronze ficaram com Amy LIVESEY (GBR) e com a brasileira Alexia CASTILHOS.

(-70kg) A medalhista de bronze do Campeonato Europeu, Michaela POLLERES (AUT), derrotou Gabriella WILLEMS (BEL), medalhista de bronze do Aberto da Europa de Varsóvia, para conquistar o seu primeiro título do IJF World Judo Tour no México. O confronto marcou o encontro das medalhistas de bronze do último Campeonato Mundial Júnior, na categoria -70kg, e foi vencida por POLLERES por ippon, com um uchi-mata, com apenas 58 segundos na final. A Áustria venceu nas duas categorias do feminino no dia.

As medalhas de bronze ficaram com Kelita ZUPANCIC (CAN) e Daria POGORZELEC (POL).

MASCULINO

(-73kg) O número sete do mundo, Tommy MACIAS (SWE) venceu Denis IARTCEV (RUS). Na luta, o sueco foi mais dinâmico para ganhar o segundo título do Grand Prix, após a vitória em Antalya, em abril. MACIAS aplicou um o-uchi-gari e ko-soto-gari, marcando um waza-ari em cada ocasião e liquidando a luta. MACIAS venceu todos as quatro lutas por ippon e, certamente, vai subir ainda mais no ranking.

Nas lutas pelo bronze, tivemos dois brasileiros em ação. Marcelo CONTINI levou a medalha, mas Eduardo BARBOSA teve que se contentar com o 5º lugar, após o revés para Arthur MARGELIDON (CAN).

(-81kg) O medalhista de prata do Campeonato Europeu, Sami CHOUCHI (BEL), garantiu sua primeira medalha de ouro no IJF World Judo Tour, à custa do brasileiro ex-medalhista de bronze mundial Victor PENALBER. A luta foi dura entre os dois e ninguém pontuou durante o tempo regular, indo para o Golden Score, quando PENALBER sentiu uma lesão na perna e o belga aproveitou para liquidar a luta com um juji-gatame, não tendo demonstrado resistência o brasileiro, que foi ajudado pelo belga a sair do tatame em um gesto de fairplay.

Nas lutas pelo bronze, Frank DE WIT (HOL) e Tim GRAMKOV (ALE) levaram as medalhas.

Foto: IJF


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes