Chama olímpica chega ao 'fim do mundo' e toma direção a Buenos Aires

E a chama olímpica chegou ao "fim do mundo". Ao menos foi assim que o Comitê Olímpico Internacional (COI) classificou a chegada do fogo simbólico em Ushuaia, na Argentina, a última cidade localizada ao Sul do planeta. Nesta segunda (1), Thomas Bach, presidente do COI, deu prosseguimento ao revezamento da tocha olímpica dos Jogos Olímpicos da Juventude, que terá abertura oficial no próximo sábado, em Buenos Aires.

Sob neve, a chama olímpica atraiu olhares dos fãs argentinos na "Tierra del Fuego" (a Terra do Fogo), depois de uma viagem de mais de 15 mil quilômetros na Argentina. A jornada da chama começou em 5 de agosto, passando pela cidade de La Plata. Em seguida, a chama esteve em Santa Fé, Corrientes, San Salvador de Jujuy, Salta, Tucumán, Catamarca, La Rioja, Mendoza, San Juan e Neuquén, antes de cruzar Ushuaia.

A chama olímpica agora tomará a direção de Buenos Aires, onde é esperada para a cerimônia de abertura no dia 6 de outubro.

Esse ano, a capital da Argentina receberá aproximadamente quatro mil atletas de 205 países para a disputa de 36 modalidades e 280 provas. Além das competições esportivas, o evento terá ainda uma programação educativa e cultural oferecida pelo COI (Comitê Olímpico Internacional). O evento também apresenta novos formatos de modalidades, como o basquete 3x3, que fará sua estreia na versão adulta, em Tóquio 2020, o kiteboard, classe da vela que está no programa de Paris 2024, e o ciclismo BMX freestyle, que visa uma aproximação com o público jovem.

A delegação brasileira contará com 79 atletas na competição. No último sábado, os jovens brasileiros embaracaram para Buenos Aires, depois de uma despedida promovida pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB).

foto: olympic.org/foto

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes