Biatleta eslovena é banida por 2 anos por teste de doping falho em Vancouver 2010

A União Internacional de Biatlo (IBU) baniu Teja Gregorin, da Eslovênia, por dois anos, depois da atleta ter falhado em um teste de doping das Olimpíadas de Inverno de Vancouver em 2010.

Gregorin foi desclassificado dos Jogos Canadenses pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) em dezembro, depois que eles testaram novamente amostras usando tecnologia atualizada.

Ela foi a única atleta a ser pega no exame desta forma e registrou três resultados analíticos adversos.

Foi revelado que sua amostra B testou positivo para o metabólito do GHRP-2 e o caso foi passado para o IBU para realizar sua própria investigação.

O Painel de Audição Antidoping da IBU considerou a eslovena culpada e a suspendeu por 2 anos desde 4 de outubro de 2017, a data em que ela foi suspensa provisoriamente pela primeira vez.

No entanto, a atleta de 38 anos já se aposentou do esporte.

Foto:Getty Images




Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes