Mundial de Judô 2018 - Dia 2


O Brasil conquistou neste segundo dia de disputas em Baku a sua primeira medalha no Mundial. O Japão foi mais uma vez o país com maior destaque, conquistando mais três medalhas, duas delas de ouro, que foram conquistadas pela família Abe.

A final da categoria até 52 kg feminino foi japonesa, em que Uta Abe derrotou Ai Shishime, com um ippon no golden score. A brasileira Jéssica Pereira chegou até às quartas de final, onde foi derrotada por Uta Abe por ippon, indo assim para a repescagem, onde em sua primeira luta derrotou a israelense Gefen Primo por waza-ari. Já Érika Miranda chegou até a semifinal, onde foi derrotada por Ai Shishime por waza-ari. 

Com isso, as duas brasileiras se cruzaram na disputa pelo bronze, em que Érika Miranda precisou de apenas 18 segundos para derrotar Jéssica Pereira por ippon, conquistando assim a primeira medalha brasileira na competição. A outra medalha de bronze ficou com a francesa Amandine Buchard.

Na categoria até 66 kg masculino, o ouro ficou com o japonês Hifumi Abe, irmão de Uta Abe. Na final ele derrotou o cazaque Yerlan Serikzhanov por ippon. O brasileiro Charles Chibana foi derrotado logo em sua segunda luta, para o alemão Sebastian Seidl por waza-ari. 

Já Daniel Cargnin foi derrotado nas quartas de final para o israelense Tal Flicker por waza-ari, indo assim para a repescagem. Na sua primeira luta ele venceu o mongol Kherlen Ganbold por waza-ari, indo assim para a disputa do bronze, onde ele foi derrotado pelo sul-coreano Baul An, por waza-ari. A outra medalha ficou com o ucraniano Georgii Zantaraia.

O terceiro dia do Mundial reservará as disputas das categorias até 57 kg no feminino e até 73 kg no masculino, em que apenas Rafaela Silva estará em ação representando o Brasil.

Foto: IJF


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes