Depois do vice no US Open, Marcelo Melo viaja para disputar dois torneios na China


Marcelo Melo viaja nesta segunda-feira (24) para a China. Lá, ao lado do parceiro polonês Lukasz Kubot, dará sequência à temporada, em quadra rápida, após o vice-campeonato no US Open. O primeiro torneio da dupla será o ATP 500 de Beijing, com início no dia 1º de outubro. A partir do dia 7, Melo e Kubot disputarão o Masters 1000 de Shanghai. Ainda em outubro, no dia 22, está programado o ATP 500 de Viena, na Áustria.

Depois do último Grand Slam do ano, encerrado no dia 7 deste mês, em Nova Iorque, Marcelo retornou para Belo Horizonte (MG), passando a treinar para essa nova sequência de torneios. Treinos que continuarão a ser realizados nesta semana, já na China, com Kubot.

No ano passado, Melo e Kubot pararam na primeira rodada em Beijing, foram vice-campeões em Shanghai e chegaram até as quartas de final em Viena. Na Áustria, dupla já foi campeã duas vezes: em 2015 e 2016. Marcelo conquistou o Masters 1000 de Shanghai em 2013 (com o croata Ivan Dodig) e 2015 (com o sul-africano Raven Klaasen).

“Vamos disputar esses dois torneios na China, um ATP 500 e um Masters 1000, que vão ser muito importantes, pensando na Corrida dos Campeões, em que estamos bem melhor posicionados, após o US Open”, afirma Marcelo, que tem o patrocínio de Centauro, BMG e Itambé, com apoio da Confederação Brasileira de Tênis.

Na corrida para o ATP Finals, Melo e Kubot estão entre as oito melhores duplas da  temporada, atualmente na oitava colocação, com 3.570 pontos. No ranking mundial individual de duplas da ATP, Melo ocupa o sexto lugar, com Kubot em quinto, ambos com 5.790 pontos - eles empatam, mas pelo primeiro critério de desempate - torneios disputados ao longo de 52 semanas -, Marcelo tem uma competição a mais. 

Foto: USTA


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes