Cesar Castro confirma aposentadoria dos saltos ornamentais e vira professor em Brasília

Cesar Castro, o principal nome dos saltos ornamentais brasileiros na história olímpica, confirmou sua aposentadoria semana passada. Cesar participou de quatro jogos olímpicos (Atenas,Pequim,Londres e Rio de Janeiro) e aos 36 anos, retorna para sua cidade natal Brasília para trabalhar como professor de educação física.

"Como atleta estou aposentado, a última competição oficial foi a Olimpíada do Rio. Agora só atuo como treinador e professor de educação física. Saber a hora de parar é um grande desafio para a gente. Mas é uma decisão que eu tenho pensando por muito tempo e que agora é definitivo. A ideia é ficar aqui em Brasília, voltar para casa. Aqui é o meu lugar, aqui eu me sinto bem, onde estou perto da família" disse Cesar em entrevista ao site globoesporte.com

Especialista no trampolim de 3m, o saltador se mudou para os Estados Unidos há cinco anos para conseguir melhores condições de treinamento. Com o fim da carreira, o principal objetivo, ao mesmo tempo em que trabalha como professor, é começar a formar a nova geração de atletas do saltos ornamentais.

"A partir de agora vou seguir a vida como professor de educação física e treinador de saltos. Nesse início, a ideia é reunir o maior número possível de atletas no saltos ornamentais e ir levando os dois. E a partir do momento que for crescendo, a ideia é focar nos saltos ornamentais e formar a nova geração, mas sem deixar de lado as aulas aqui no colégio."

Cesar Castro deixa os saltos ornamentais com um currículo invejável. Duas finais olímpicas (em  Atenas e no Rio, onde em ambas ficou em nono lugar), duas medalhas em Pan-americano e um quinto lugar no mundial de esportes aquáticos de 2009.


foto: Sátiro Sodré/SS Press

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes