CAS mantém PHF unida, mas IHF mantém planos de dividir a Pan-Americana de Handebol

A Corte Arbitral do Esporte (CAS) decidiu que a Federação Internacional de Handebol (IHF) não pode dividir a Federação Pan-Americana de Handebol (PHF) em duas confederações.

A decisão foi publicada na quinta-feira (13).

Segundo a decisão da Corte, foi anulada a deliberação do Tribunal de Arbitragem da IHF, de 1 de maio de 2018, que rejeitou os argumentos da PATHF sobre as irregularidades da divisão. Também foi anulada a decisão do Congresso da IHF, de 11 de novembro de 2017, que bloqueava os poderes da Federação Pan-Americana na organização e comando do esporte nas Américas. 

Além disso, a IHF deverá reembolsar a PATHF por parte dos gastos incorridos do processo.

Mesmo após a decisão do CAS, a IHF segue com a intenção de dividir a PAHF em duas confederações: a da América do Norte e Caribe e a da Américas do Sul e Central.

Sobre o começo da polêmica, clique aqui.

Em nota publicada nesta sexta-feira (14), a entidade disse que de acordo com Artigo 19.1.1 dos Estatutos do órgão, a IHF é a proprietária de todos os direitos emanados dos campeonatos Mundiais, Torneios Olímpicos de Handebol, bem como as partidas qualificatórias, dentre outras. 

“Assim, a IHF está mantendo sua posição para organizar futuros campeonatos de qualificação no NACHC e na SCAHC.”

O assunto será pauta da reunião do conselho a IHF, em 18 de outubro, em Doha (QAT).

Com informações de: Blog Dois Minutos



Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes