Sebastian Coe está confiante quanto a participação de todos os países no Mundial de Atletismo 2019


O presidente da Federação Internacional de Atletismo (IAAF), Sebastian Coe, expressou sua esperança de que todas as nações participem do Campeonato Mundial de 2019 em Doha, apesar das questões diplomáticas em curso em torno do Qatar.

Bahrein, Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos estão entre os países que cortaram os laços com o Qatar em junho de 2017. Eles acusaram a nação de apoiar o terrorismo, uma alegação que foi negada. Um bloqueio resultante incluiu a retirada de embaixadores e a imposição de proibições comerciais e de viagens. A crise diplomática em curso colocou pressão sobre o Qatar, com o esporte entre os vários setores afetados.

A cidade de Doha, capital do Qatar, deve sediar o Campeonato Mundial de Atletismo do ano que vem, mas preocupações foram levantadas sobre se a crise pode afetar o evento.

O presidente da IAAF, Coe, expressou sua esperança de que os países envolvidos na disputa ainda enviem seus atletas para o campeonato.

"Quero que todas as federações estejam lá", disse Coe, segundo a Agence France-Presse. "Não vejo razão para que eles não possam ir. A fragilidade política de tempos em tempos surge em todos os sistemas. É muito importante que o esporte internacional mantenha sua primazia. Escolher suas parcerias em torno da política pode ser um processo bastante transitório se você não for cuidadoso. Estou confiante de que teremos a presença de todos no Qatar."

A Copa das Nações do Golfo foi um dos eventos impactados pela crise política, com o torneio agendado para o Qatar em dezembro. Bahrein, Arábia Saudita e os Emirados Árabes Unidos ameaçaram se retirar do evento, resultando na Confederação Asiática de Futebol transferindo a competição para o Kuwait. A competição estava marcada para fazer parte dos preparativos do Qatar para a Copa do Mundo de 2022.

Em agosto do ano passado, os clubes de handebol egípcio Al-Ahly Sports Club e Zamalek recusaram os convites para competir no evento Super Globe da Federação Internacional de Handebol no Qatar por razões políticas.

Foto: Divulgação/Daily Mail


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes