Presidente da IIHF apresenta quatro opções para o hóquei no gelo masculino em Pequim 2022

O presidente da Federação Internacional de Hóquei no Gelo (IIHF), René Fasel, disse ao Comitê Olímpico Internacional (COI) que há quatro opções "sobre a mesa" para o hóquei no gelo masculino nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2022 em Pequim.

O comentarista da TSN  e da NBC  , Gord Miller, afirmou no Twitter que organizou um painel de discussão com Fasel na Hlinka Gretzky Cup em Edmonton.

A primeira opção, segundo Miller, é que os jogadores da National Hockey League (NHL) participem do torneio olímpico masculino de hóquei no gelo, como fizeram de Nagano 1998 até Sochi 2014. O segundo é não ter jogadores da NHL participando, como no Pyeongchang 2018, o terceiro é usar jogadores com menos de 23 anos e o quarto é não ter hóquei no gelo masculino na capital da China. 

Em dezembro do ano passado, o vice-comissário da NHL, Bill Daly, disse que seria prematuro discutir o futuro envolvimento nos Jogos Olímpicos, após a decisão de impedir que seus jogadores competissem em Pyeongchang, em 2018.

A liga líder mundial anunciou em abril de 2017 que os jogadores não viajariam para a Coréia do Sul para os Jogos, com os esforços para mudar a decisão se mostrando infrutíferos nos meses que se seguiram. Isso significou que eles perderiam a competição no evento pela primeira vez desde sua aparição no Nagano 1998.

O comissário da NHL, Gary Bettman, afirmou em novembro que as restrições à promoção olímpica e ao interesse supostamente misto entre os clubes da NHL eram parte do raciocínio de sua decisão. Ele também sugeriu que a NHL provavelmente não retornaria ao programa para os Jogos Olímpicos de Inverno realizados fora da América do Norte.

Pensou-se, no entanto, que eles estavam mais dispostos a voltar para Pequim 2022 devido às oportunidades comerciais oferecidas no mercado chinês. A recusa do COI em continuar cobrindo os custos de viagem e seguro dos jogadores da NHL foi culpada pelo fracasso em chegar a um acordo para Pyeongchang.

O IIHF ofereceu-se posteriormente para cobrir essas taxas, mas, depois que um acordo não foi alcançado, o presidente do COI, Thomas Bach, disse que isso estava "fora da mesa" tanto para Pyeongchang 2018 quanto para Pequim 2022.


foto: Getty images

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes