Mundial de Badminton 2018 - Último dia


Foi encerrado neste domingo (5) o Campeonato Mundial de Badminton, com a realização das finais, com destaque para China e Japão, que faturaram dois títulos cada. O grande destaque individual ficou por conta da espanhola Carolina Marín, que conquistou o tricampeonato mundial.

A final de duplas femininas, que abriu a programação, foi toda japonesa, entre Maya Matsumoto/Wakana Nagahara e Yuki Fukushima/Sayaka Hirota, sendo a decisão mais disputada e longa deste Mundial, tendo a duração de 1 hora e 34 minutos. Fukushima/Hirota venceram o primeiro game por 21-19. Matsumoto/Nagahara devolveram o 21-19 no game seguinte. No game decisivo, Fukushima e Hirota lideraram o placar por quase todo o tempo, chegando a ter dois match points no 20-18, quando Matsumoto/Nagahara conseguiram uma incrível reação, conquistando quatro pontos seguindos e virando para 22-20, conquistando assim o primeiro título mundial. Já Fukushima/Hirota amargam pela segunda vez seguida o vice-campeonato.

Já a final de duplas mistas foi toda chinesa, envolvendo as principais cabeças de chave do torneio, em que Zheng Siwei/Huang Yaqiong venceram Wang Yilyu/Huang Dongping por 2 a 0 (21-17 e 21-19), em 49 minutos de partida, conquistando assim o primeiro título mundial.

A final de simples feminina foi uma reedição da final olímpica dos Jogos Rio 2016, envolvendo a espanhola Carolina Marín e a indiana Pusarla Sindhu. E assim como no Rio, Marin levou a melhor, vencendo por 2 a 0 (21-19 e 21-10), em 46 minutos de jogo. A espanhola conquistou o seu terceiro título mundial, igualando o feito de 2014 e 2015. Já a indiana amargou o seu segundo vice-campeonato consecutivo.

Na final de simples masculina, o japonês Kento Momota não deu chances para o chinês Shi Yuqi, vencendo por 2 a 0 (21-11 e 21-13), em 49 minutos de partida, conquistando assim o seu primeiro título mundial. A última final a ser disputada foi a de duplas masculinas, em que a China deu o troco no Japão, com Li Junhui/Liu Yuchen derrotando Takeshi Kamura/Keigo Sonoda por 2 a 0 (21-12 e 21-19), em 50 minutos de jogo, conquistando também o primeiro título mundial.

A próxima edição do Campeonato Mundial será realizada na Basileia (SUI), no próximo ano.

Foto: BWF



Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes