LIga Mundial de Surfe, etapa de Tehaupoo - Medina vence e pula para segundo no campeonato

Gabriel Medina conquistou neste domingo o título da etapa de Teahupoo, no Taiti, do Circuito Mundial de surfe (WCT) pela segunda vez. O brasileiro venceu o australiano Owen Wright por 13,50 a 12,07, em bateria definida nos minutos finais, após encaixar um 'tubo' fundamental para vitória. Filipe Toledo parou na semifinal, mas segue na liderança.


Faltando um pouco mais de dez minutos, Wright encaixou um tubo e conseguiu ultrapassar Medina na pontuação por 0,60, ficando com a prioridade. Mas Medina não desistiu e conseguiu achar um tubo nos segundos finais para vencer a prova de virada. O brasileiro recebeu 7,33 em sua última onda, fez 13,50 contra 12,07 de Owen, e virou a bateria. 

Campeão mundial em 2014, Medina tem outras duas finais nos últimos dois anos: em 2015, foi derrotado por Jeremy Flores, e em 2017 perdeu para Julian Wilson. 

Com a conquista em Teahupoo, os brasileiros venceram seis das sete etapas do torneio: Bells Beach (Ítalo Ferreira), Rio (Toledo), Bali (Ítalo Ferreira), Uluwatu (William Cardoso), J-Bay (Filipe Toledo) e Teahupoo (Medina). Só a primeira, em Gold Coast, não teve um surfista do país. O australiano Julian Wilson foi melhor.

O terceiro lugar é a melhor colocação da carreira de Filipinho em Teahupoo. E o resultado ainda fez o surfista ampliar sua vantagem na ponta da classificação, com 41.985. Medina subiu uma posição e agora é o segundo colocado, com 35.685. Em terceiro, está o australiano Julian Wilson, com 32.380. Ítalo Ferreira está em quarto com 30.160 pontos e outro australiano, Wade Carmichael está em quinto.

Owen começou bem a disputa da final e somou 7,67. Ele dava trabalho para Gabriel Medina. Porém, o brasileiro mostrou tranquilidade e conseguiu duas rasgadas pontuais para a virada. Utilizando da prioridade, o brasileiro manteve calma e conseguiu ampliar sua nota.

A próxima etapa será entre 6 a 9 de setembro, em nas ondas artificiais de Surf Ranch, na Califórnia(USA).


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes