Duplas de vôlei de praia Álvaro/Saymon e Ricardo/Guto anunciam separação


O fim da temporada do Circuito Mundial de Vôlei de Praia movimentou a dança das cadeiras na modalidade. Com isso, duas duplas brasileiras foram desfeitas. Álvaro Filho e Saymon deram fim ao projeto que iniciaram em agosto de 2016, assim como o campeão olímpico Ricardo e o jovem Guto não serão mais parceiros. Aos 43 anos, o medalhista de ouro em Atenas disputou três etapas do Circuito ao lado do defensor e chegou a conquistar uma prata na etapa de Espinho pelo Circuito Mundial. Guto confirmou o fim da dupla ao site globoesporte.com e comentou sobre os momentos importantes vividos ao lado do bloqueador. Um dos motivos que teria levado o projeto ao fim tem a ver com a distância, já que atualmente Ricardo mora nos Estados Unidos.

"Foram dois meses de muito aprendizado ao lado do Ricardo, que para mim é o melhor jogador de vôlei de praia de todos os tempos. Ele é um craque. Aprendi muito com ele dentro de quadra e fora dei boas gargalhadas. Sou muito grato por ele ter aceitado jogar as etapas do mundial ao meu lado e por termos conquistado a medalha em Espinho. Sei o quanto foi importante para ele e óbvio que para mim também" contou Guto.

Com o fim da parceria também por parte de Álvaro e Saymon, a expectativa é que por uma questão de características de jogo Guto e Saymon possam jogar juntos. O jovem não confirmou a nova formação e garantiu que nesse momento seu foco está em descansar.

"Ainda estou na Europa. Tirei 10 dias de férias e preciso amadurecer algumas ideias e conversar com a minha comissão técnica. Por hora quero descansar. 2018 foi um ano muito intenso para mim. Muitas viagens, mudanças de parceiros, muito tempo fora de casa. Para falar a verdade estou louco para chegar em casa" desabafou Guto.

Sobre o fim da parceria entre Álvaro e Saymon,o site GloboEsporte.com fez contato com os dois, mas não obteve retorno. Juntos, eles conquistaram a temporada 2016/2017 do Circuito Brasileiro, quando atingiram a marca de 11 pódios seguidos, a maior desde a criação do torneio nacional em 1991. Em 2017, a parceria foi campeã da etapa do Circuito Mundial em Fort Lauderdale, nos Estados Unidos, e conquistou o bronze em Gstaad, na Suíça. Atualmente, os dois amargavam um jejum de bons resultados.

O campeão olímpico em Atenas também não quis comentar o fim da dupla. Com mais essas duas trocas, o vôlei de praia brasileiro terminará o ano de 2018 totalmente reformulado. Em maio, outras quatro duplas já tinham se desfeito. Atualmente, representam o Brasil as seguintes formações: Alison/André, Evandro/Vitor Felipe, Bruno Schmidt/Pedro Solberg e Thiago/George.


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes