Ciclista colombiano campeão mundial é suspenso por doping


O ciclista campeão mundial da Colômbia, Fabián Puerta, foi suspenso após ser flagrado no exame antidoping, dando teste positivo para uma substância esteroide boldenona.

Puerta, que é cunhado do vencedor de uma etapa do Tour de France, Fernando Gaviria, ganhou o título no Campeonato Mundial deste ano em Apeldoorn, em março, na prova do keirin, após conquistar medalhas de prata em 2014 e 2017.

Ele também foi ouro no keirin e prata na prova de sprint nos Jogos da América Central e do Caribe no mês passado em Barranquilla depois de levar a bandeira da nação anfitriã na Cerimônia de Abertura.

A União Internacional de Ciclismo (UCI) disse nesta terça-feira (14) que o atleta de 27 anos não conseguiu uma amostra 'A' para o esteroide durante um teste fora de competição em 11 de junho. Isso marcou o último dia do Campeonato Nacional de Pista da Colômbia em Cali.

Eles disseram que o controle de doping foi planejado e realizado pela Cycling Anti-Doping Foundation, órgão independente da UCI, encarregado de definir e implementar a estratégia antidoping no ciclismo.

"O ciclista tem o direito de solicitar e participar da análise da amostra B", acrescentou um comunicado. "De acordo com as Regras Antidoping da UCI, o ciclista foi provisoriamente suspenso até a adjudicação do caso. Nesta fase do procedimento, a UCI não vai comentar mais nada."

Foto: Getty Images



Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes