Associação de Bobsled e Skeleton da Irlanda realiza testes visando Pequim 2022


A Associação Irlandesa de Bobsled e Skeleton iniciou a busca por futuros atletas com testes programados para serem realizados em Dublin na quinta-feira (23), com o objetivo de competirem pelo país em competições internacionais. Isso inclui eventos europeus e da Copa do Mundo, até as Olimpíadas de Inverno de 2022 em Pequim. Os testes estão programados para acontecer na National Indoor Arena, na capital da Irlanda.

A Irlanda tem sido regularmente representada nas Olimpíadas de Inverno em competições de bobsled e skeleton. O país enviou duas equipes de bobsled para a sua estreia nos Jogos Olímpicos de Inverno de Albertville em 1992, com três equipes competindo seis anos depois em Nagano.

Uma equipe de bobsled apareceu em Salt Lake City 2002, onde a competição de skeleton retornou ao programa olímpico.

Clifton Wrottesley terminou em quarto lugar no evento masculino, que continua sendo o melhor resultado obtido por um atleta irlandês nas Olimpíadas de Inverno.

A Irlanda foi representada por David Connolly e Patrick Shannon no skeleton masculino em Turim 2006 e Vancouver 2010, respectivamente, enquanto eles também enviaram uma equipe feminina de bobsled para Vancouver.

Sean Greenwood competiu no skeleton masculino em Sochi 2014, mas o país não esteve representado em nenhuma das duas modalidades em Pyeongchang 2018.

Foto: Irish Bobsleigh and Skeleton Association 


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes