Após desistência do WTA de Montreal, Serena Williams revela estar sofrendo com uma síndrome pós-parto

No último final de semana Serena Williams desistiu de disputar o WTA Premiere de Montreal, no Canadá, citando apenas razões pessoas, mas nesta segunda-feira (6) esclareceu que ainda vem sofrendo com a síndrome do pós-parto.


A tenista vencedora de 23 Grand Slams virou mãe em setembro passado de Olympia: "A última semana foi dura para mim não só por estar passando por problemas pessoais, mas estar com medo. Senti que não estava sendo uma boa mãe"

"Li alguns artigos que a síndrome pós-parto pode durar até três anos se você não souber lidar com isso. Eu gosto de me comunicar. Converso com minha mãe, minhas irmãs e amigas que me deixam melhor. É totalmente normal sentir que não estou fazendo o melhor por minha bebê. Todos estivemos lá, trabalhamos muito, eu tenho treinado para ser a melhor atleta que puder. Tenho estado com ela (filha) todos os dias, mas não como gostaria, a maioria de vocês mães lidam com isso. Entre ficar em casa ou trabalhar, achar o equilíbrio com os filhos é uma verdadeira arte. Vocês são grandes heroínas. Estou aqui para dizer se você está tendo um dia ou semana em dificuldades, estou tendo também", disse a tenista.

Serena, que foi finalista na edição de Wimbledon desse ano, jogou o WTA de San Jose semana passada e sofreu, contra a britânica Johanna Konta, então 48ª do mundo, sua pior derrota na carreira marcando apenas um game.

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes