Pedro Veniss é terceiro na etapa de Aachen do Grand Slam de Saltos no Hipismo

Perante 40 mil pessoas, a dupla olímpica do Brasil Pedro Veniss, montando Quabri de L’Isle ,conquistou o 3º posto na etapa de Aachen (GER) do Grand Slam de Saltos no Hipismo, realizado no domingo (22).

Dos 40 conjuntos, cinco conjuntos com duplo zero nas duas passagens habilitaram-se ao desempate na corrida pela premiação de 1 milhão de euros. Para alegria dos donos da casa, o cavaleiro alemão Marcus Ehning, montando Pret A Tout, faturou o título sem faltas no excelente tempo de 38s34, a fatia de 330 mil euros da premiação e o bicampeonato no GP após um hiato de 12 anos.

Veniss fechou com percurso perfeito sem faltas em 41s62. Em 2017, Pedro, 35, e Quabri chegaram a Aachen após vitória no GP Rolex em Genebra em dezembro de 2016, podendo garantir a segunda vitória no Rolex Grand Slam (Genebra, Aachen e Calgary). Mas uma contusão tirou a dupla da competição.  "Sempre foi um sonho para mim competir em Aachen e ano passado ficamos de fora do GP. Então hoje eu estou realmente muito feliz", declarou Pedro que montando Quabri está entre os fortes candidatos a defender o Time Brasil nos Jogos Equestres Mundiais 2018, em setembro nos EUA.

Última a largar, a amazona paulista que defende Portugal Luciana Diniz com sua égua craque Fit for Fun zerou em 40s96 conquistando o vice-campeonato consecutivo 2017/2018. Os outros dois conjuntos habilitados ao desempate o irlandês Darragh Kenny com Babalou 41 e o campeão olímpico suíço Steve Guerdat com Bianca, acabaram cometendo 12 pontos (3 faltas) em 42s12 e 44s05, conquistando, respectivamente,  a 4ª e 5ª colocação.

Montando Ibelle van de Grote Haart, o brasileiro Yuri Mansur que fez sua estreia em um GP em Aachen e fechou as duas voltas com 13 pontos perdidos na 13ª colocação.

Foto: Ashley Neuhof


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes