IJF cancela Grand Slam de Abu Dhabi e Grand Prix de Tunes após sedes não garantirem igualdade de tratamento a judocas

Federação Internacional de Judô suspendeu duas das suas principais competições: o Grand Slam de Abu Dhabi(UAE) e o Grand Prix de Tunes (TUN). A decisão da IJF foi tomada depois que os governos dos dois países - Emirados Árabes Unidos e Tunísia - não responderam ao pedido da federação e não garantiram igualdade de condições para todos os atletas.


Emirados Árabes Unidos e Tunísia têm conflitos políticos históricos com outros países do Oriente Médio e Ásia. Por isso, atletas destes países ficam em situação delicada quando disputam torneios nestas duas sedes, sem poder defender a bandeira de seu país ou ouvir seu hino ser tocado na hora da premiação. Em outubro do ano passado, quando o israelense Tal Flicker, campeão no meio-leve, subiu ao pódio, não viu a bandeira nem ouviu o hino de Israel ser tocado e o cantou sozinho. Na ocasião, a bandeira da IFJ foi usada para representá-lo.

Para que cenas como essa não se repitam, a IJF pediu aos governos de Emirados Árabes e Tunísia que garantissem igualdade para todos os atletas, o que não aconteceu até a data limite imposta pela federação. Assim, a entidade, que luta pelos valores de igualdade e respeito, decidiu suspender as competições. Entretanto, a IJF não definiu um novo local para os campeonatos e deixou em aberto para que competições futuras sejam disputadas em Abu Dhabi e Tunes em caso de resposta positiva dos governos locais.

Confira o comunicado da Federação Internacional de Judô na íntegra.

"A Federação Internacional de Judô está comprometida com a promoção dos princípios morais e valores do judô, olímpicos e esportes em geral, além de fazer uma contribuição ativa na promoção da paz e igual entre nações, raças e gêneros. O Estatuto da IFJ abordam o assunto no artigo 1.2: "IFJ não deve discriminar raça, religião, gênero ou opinião política.

Baseada nas experiências dos últimos anos e na tentativa de tomar uma postura firme e construtiva na luta contra a discriminação no esporte, a Federação Internacional de Judô anuncia que vai suspender dois de seus eventos: Abu Dhabi Grand Slam e Tunes Grand Prix.

Antes dessa decisão e depois de analisar com cuidado as situações passadas envolvendo a negativa em dar condições iguais ao membros de todas as federações da IFJ - com suas bandeiras e hino nacionais nos eventos, e depois de repetidas intervenções passadas, a IFJ  oficialmente requisitou aos dois organizadores uma carta assinada em que o governo garantisse que todos os membros pudessem garantir em condições iguais. A Federação Internacional de Judô está ciente da situação e dos incidentes registrados por causa de um complexo e complicado contexto histórico, mas acredita firmemente que políticas não deveriam interferir nos esportes e os esportes deveriam refletir respeito, tolerância e cooperação mútua e, como uma das maiores expressões humanas, deveriam ter o poder de superar qualquer conflito ou interesse.

Sem qualquer resposta positiva até a data, mesmo depois do prazo dado, o Comitê Executivo da Federação Internacional de Judô decidiu suspender os dois eventos - Abu Dhabi Grand Slam e Tunes Grand Prix - até que o governo garanta livre e iguais condições de participação para todas as nações nos respectivos eventos.

IFJ  lamenta a inconveniência causada aos seus membros, atletas, técnicos, parceiros e imprensa e esperamos poder retomar a situação o quanto antes e garantir o melhor possível para superar as circunstâncias atuais."

foto: Reprodução

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes