Comitiva de Hamamatsu visita sede da CBJ e treino da seleção brasileira de judô no Rio

O presidente da Confederação Brasileira de Judô Silvio Acácio Borges recebeu na manhã deste sábado, dia 28, uma comitiva de autoridades de Hamamatsu, a cidade japonesa que será base de aclimatação dos judocas do Brasil nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020. Entre as autoridades presentes na sede da CBJ, no Rio de Janeiro, estiveram o prefeito Yasutomo Suzuki; Sueo Iida, presidente da Câmara de Vereadores da cidade; Seiko Terada, diretora de cultura, artes e esporte; Hiroyasu Nakamura, gerente de esportes; e  Etsuo Ishikawa, embaixador honorário e conselheiro da cidade de Hamamatsu.

“Ficamos muito honrados de recebê-los em nossa casa. Fiquei muito feliz quando vi recentemente a foto do prefeito de quimono. Isso fortalece ainda mais a nossa perspectiva conjunta da busca do sucesso em 2020”, afirmou o presidente Silvio Acácio Borges.

A visita ocorreu justamente na semana em que se passou o marco de 2 anos para a cerimônia de abertura dos Jogos de Tóquio, bem como para o início da disputa olímpica do judô. Na sede da Confederação, as autoridades de Hamamatsu encontraram a bandeira da cidade, que foi hasteada na sala da presidência neste mês de julho.

“Muito nos honra ter a bandeira de Hamamatsu aqui dentro. É muito representativo para nós”, pontuou Silvio Acácio.

Hamamatsu é uma cidade de aproximadamente 800 mil habitantes e possui a maior comunidade brasileira no país. Localizada a cerca de 250km de Tóquio, tem ligação com a capital japonesa por meio do célebre trem-bala, legado emblemático da primeira edição dos Jogos Olímpicos no Japão, em 1964.

“Estamos a 2 anos dos Jogos e temos um desafio dentro do projeto do governo japonês que é aproximar os outros países do Japão. A ideia é aproveitar o atrativo dos Jogos Olímpicos para alavancar essa aproximação. O grande legado olímpico não é a estrutura física, mas as relações interpessoais”, afirmou o prefeito Yasumoto Suzuki.

Após a visita à sede da CBJ, o presidente Silvio Acácio Borges levou a comitiva de Hamamatsu à Arena Carioca 2, onde acontecia o primeiro treinão da CBJ em parceria com a Federação de Judô do Estado do Rio de Janeiro.

Lá, os japoneses foram recebidos pelos técnicos, atletas e autoridades que participavam da atividade, entre eles os atletas da seleção brasileira Sarah Menezes, Victor Penalber, David Moura, Jéssica Pereira e Tamires Crude; a técnica da seleção masculina, Yuko Fujii; o gestor de Alto Rendimento da CBJ, Ney Wilson; o vice-presidente da FJERJ, Leonardo Lara; e o presidente da FJERJ, Jucinei Costa. 


"Para a FJERJ, receber uma comitiva do Japão, que é a terra do nosso esporte, é uma grande honra. Estamos próximos e abertos às ações da CBJ, como esse intercâmbio entre os clubes que estamos promovendo hoje", disse Jucinei. 

Foto; Divulgação


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes