Bahamas desiste de sediar o Mundial de Revezamento de Atletismo em 2019

O primeiro-ministro das Bahamas, Hubert Minnis, disse à IAAF que o país desistiu de sediar o Mundial de Revezamento que será disputado ano que vem.

A Associação de Atletismo das Bahamas tentou convencer o governo a mudar de ideia mas não houve sucesso.

Um novo país-sede será procurado.

As Bahamas está abandonando os planos de sediar grandes eventos esportivos devido a preocupações financeiras.

O evento foi realizado pela primeira vez em 2014 e é realizado todos os anos ímpares no Estádio Thomas Robinson em Nassau.

A carta do Primeiro Ministro avisou que Bahamas não teria mais condições de sediar o evento.

"Agora temos a confirmação do governo das Bahamas de que não terão condição de sediar o Mundial de Revezamento da IAAF do ano que vem devido aos desafios financeiros que o país enfrenta", disse um porta-voz da IAAF.

"A Associação de Atletismo das Bahamas continua buscando uma rota, mas estamos tendo discussões com outras cidades que gostariam de sediar este evento popular."

As Bahamas já haviam se comprometido contratualmente com o evento, então será improvável que a IAAF vá deixar o país descumprir o contrato facilmente.

A IAAF ainda espera que um anfitrião seja confirmado de qualquer maneira, ou logo após, em sua reunião do Conselho em Buenos Aires em 26 e 27 de julho.

A Jamaica já mostrou interessante em sediar a competição.

Foto: Getty Images


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes