Após disputar Liga Das Nações de Vôlei, Jaqueline anuncia aposentadoria da seleção brasileira

A bicampeã olímpica Jaqueline anunciou nas redes sociais na última sexta (13) que está se aposentando da seleção brasileira de vôlei. Após atuar como líbero na Liga das Nações de Vôlei, onde o Brasil terminou em quarto lugar, a jogadora de 34 anos não foi chamada por Zé Roberto Guimarães na primeira convocação para o mundial de vôlei feminino e decidiu encerrar o seu ciclo na seleção.

"Quero dar um tempo. São muitos anos de seleção, mas sei que estou certa dessa decisão. Quero aproveitar um pouco o meu filho. Sei que estou acabando no vôlei também. Neste momento, eu não iria de corpo e alma ao Mundial e queria ir só para aquilo. Neste momento, preciso estar com meu filho, com minha família" disse Jaqueline nas redes sociais

Jaqueline afirmou em entrevista na rede globo que a decisão pesou muito por conta de seu filho, já que tanto ela quanto o marido, Murilo Endres, foram convocados para a fase final da Liga Das Nações: "Recebi a convocação para a China do nada. Não tinha onde deixar meu filho, foi um desespero, acabei arrumando tudo para que eu pudesse viajar e deixar ele tranquilo. Vi tanto sacrifício que fiz, com o meu filho, as dificuldades de ter que viajar. Isso me motivou bastante. Ele sofreu muito. Foi um momento bem difícil. É uma fase da minha vida, porque depois que vira mãe, é muito complicado. A gente tem que se privar de muitas coisas por ele. Tudo o que faço é pelo meu filho"

"As meninas estavam super bem, e o Zé precisava de alguém para atacar. Seria muito difícil jogar, sendo que a Superliga acabou há quatro meses. Mas estava lá, disposta a ajudar e fazer meu máximo. Talvez como líbero eu estivesse bem, mas como atacante precisa ter um treinamento de ataque. Assim que acabou o campeonato, a gente estava no aeroporto, em uma conexão em Frankfurt. O Zé deu uma deixa, e eu fui conversar com ele. Me entendeu e concordou comigo. Falou da minha importância, mas que não adiantava eu estar lá assim, precisava estar de cabeça"

Jaqueline deixa a seleção com várias conquistas: cinco títulos do Grand Prix, uma prata e dois bronze em mundiais e duas medalhas de ouro olímpicas em Pequim 2008 e Londres 2012. Ela não confirmou se continuará a competir nos clubes, mas aguarda propostas. 


foto: AFP

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes