UK Sport lança consulta sobre financiamento esportivo de elite para Paris 2024

A maneira como o esporte de elite é financiado na Grã-Bretanha pode sofrer grande mudança após as Olimpíadas e Paralímpiadas de Tóquio 2020, após o lançamento da consulta sobre como a UK Sport distribui dinheiro na loteria nacional.

As discussões públicas irão analisar os futuros princípios de investimento da UK Sport para Paris 2024 e a melhor forma de "inspirar a nação através do sucesso da elite".

A organização investe cerca de 100 milhões de libras de dinheiro da Loteria e do Governo em esporte de alta performance a cada ano.

Sua política de "não-comprometimento" - colocando forte ênfase no sucesso da medalha nos Jogos Olímpicos - tem sido a força motriz por trás do crescimento olímpico e paralímpico dos britânicos após o desempenho fraco em Atlanta 1996 conquistando apenas um ouro.

Desde então a Grã-Bretanha sempre esteve no top-10 com o auge vindo no Rio de Janeiro em 2016 com o país sendo o segundo colocado no quadro de medalhas.

A abordagem tem atraído críticas, no entanto, especialmente por parte dos órgãos governamentais nacionais de esportes que não conseguiram atingir suas metas de medalhas e, como resultado, tiveram seu corte no financiamento.

A UK Sport já lançou o período de consulta de 10 semanas, isso formará a base para uma nova estratégia de financiamento que entrará em vigor em abril de 2021, quando terminara o atual ciclo de financiamento para Tóquio 2020.

"O sucesso do sistema esportivo de alto rendimento do Reino Unido desde o advento do financiamento da Loteria Nacional na década de 1990 tem sido notável", disse hoje a presidente da UK Sport, Dame Katherine Grainger, cinco vezes medalhista olímpica."

"O desafio agora é como construímos esse sucesso, visando um impacto ainda mais inspirador no Reino Unido como um todo.

"Financeiramente, sempre haverá um limite para o financiamento público disponível, seja na Loteria Nacional ou no financiamento de tesouraria, e isso significa que não há respostas fáceis quando se trata de decisões."

"O que está claro é que o UK Sport Board e eu não chegamos a isso com quaisquer conclusões preconcebidas além de acreditarmos no poder e na inspiração do esporte britânico."

"Esperamos receber as opiniões das pessoas e saudar o que esperamos que seja um debate animado, respeitoso e que valha a pena".

Membros do público, juntamente com partes interessadas em órgãos nacionais, atletas e atletas de base, políticos e a mídia, serão convidados a participar antes das decisões a serem tomadas no final deste ano.

A consulta deverá ficar aberta até 19 de agosto.

Sebastian Coe, ex-presidente da Londres 2012 e da British Olympic Association, estava entre os que, no entanto, alertaram contra a mudança de uma fórmula vencedora.

"Eu acho que há muito poucas ocasiões na história da nação onde você pode realmente apontar para algo que você é melhor do que em qualquer outro lugar do mundo", disse Coe, atual presidente da IAAF.

Foto:UK Sports

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes