Mais dois atletas do Brasil garantem vaga no Mundial Sub-20 de Atletismo

O Campeonato Brasileiro de Atletismo Sub-20 prosseguiu na manhã do sábado (23) na pista em Bragança Paulista (SP). Um dos destaques desta segunda etapa da competição foi Chayenne Pereira da Silva, atleta da EMFCA (RJ), que venceu a final dos 400 m com barreiras feminino, com 58.78, melhor marca pessoal.

Chayenne, treinada por Marsele Mazolene, ainda superou o índice de qualificação para o Mundial Sub-18 - que é 58.91 -, que será realizado em Tampere, na Finlândia, de 10 a 15 de julho próximo. Com esta marca, ela assume o terceiro lugar no Ranking Brasileiro de Adultos. "É uma fase muito boa e é gratificante ir para o Mundial", disse a barreirista, que esteve em 2017 no Mundial Sub-18 em Nairóbi, no Quênia.

Igualmente qualificada para o Mundial da Finlândia, Marlene Ewellyn dos Santos, colega de clube de Chayenne, terminou em quarto lugar, com 1:01.38.

Quem também confirmou a expectativa de alcançar a qualificação para o Mundial Sub-20 foi Ana Caroline Miguel da Silva (APCEF- MG), que venceu o arremesso do peso com 14,99 m, superando o índice de 14,76 m.

Na véspera, depois da prova de qualificação, a treinadora da atleta Roberta Braz de Oliveira não escondia a esperança: "Ela tem boas chances", disse. Na final, a atleta confirmou, garantindo sua ida à Finlândia. "Foi uma grande performance", disse Roberta, comemorando com Ana Caroline.

Alisson Brendom Alves dos Santos também foi destaque na manhã deste sábado. Ele venceu os 400 m com barreiras masculino com 50.48, igualou sua melhor marca e, pela sétima vez, alcançou o índice para o Mundial Sub-20, que é 51.57. Atleta do Pinheiros, treinado por Felipe Siqueira, Alisson confirmou que disputará apenas os 400 m com barreiras no Mundial, embora esteja também qualificado nos 400 m.

Outro atleta a superar o índice foi o ganhador do salto em distância Weslley Bevilaqua Beraldo (Paranavaí-PR), que fez 7,59 m no salto em distância, com vento de 0.4 m/s (o índice é 7,55 m).

Na final do lançamento do dardo, Pedro Henrique Rodrigues (Endurance Sports-AM) venceu com 73,02 m e, mais uma vez, superou o índice para o Mundial, que é 69,49 m. Também qualificado para o Mundial, Luiz Mauricio Dias da Silva foi o segundo com 64,95 m (UFJF-MG).

Na semifinal dos 100 m feminino, a campeã Lorraine Barbosa Martins (EMFCA), com 11.66 (-0.2) e também ratificou sua qualificação.

Foto: CBAt



Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes