Jorge Zarif vai para regata da medalha como líder na classe Finn da etapa de Marselha da Copa do Mundo de Vela

Com um inspirado Jorge Zarif na classe Finn e Fernanda Oliveira e Ana Barbachan em ascensão na 470 feminina, a Equipe Brasileira de Vela vai brigar por pódio em dose dupla neste domingo, 10. É o último dia de disputa da Final da Copa do Mundo da World Sailing (Federação Internacional de Vela), em Marselha, na França. As regatas da medalha têm início previsto para 6h (de Brasília).

Na classe Finn, Jorge Zarif lidera a classificação geral desde quarta-feira e chega à medal race em primeiro lugar, com 32 pontos perdidos. O neozelandês Josh Junior tem sido um forte concorrente durante esta semana e está só um ponto atrás. O turco Alican Kaynar corre por fora em terceiro lugar (39 p.p.). Com tamanho equilíbrio, o brasileiro sabe que a disputa pelas medalhas será duríssima.

“Tem muita gente próxima. É tentar largar bem e ganhar a regata. Não dá para ficar se prendendo muito com ele (Josh Junior), nem tentar match race”, afirma Jorginho, que faz uma temporada de ótimos resultados, incluindo o ouro na etapa de Hyères (França) da Copa do Mundo, no fim de abril.

Na 470 feminina, Fernanda Oliveira e Ana Barbachan andaram no top 10 nas três regatas deste sábado, dia 9. Assim, subiram para a sexta posição na classificação geral (64 pontos perdidos) e fazem parte do pelotão que está de olho no terceiro lugar, atualmente das italianas Elena Berta e Bianca Caruso (54,7 p.p.).

Nas regatas da medalha do sábado teve a presença de velejadores brasileiros em duas regatas da medalha em Marselha, etapa que encerra a temporada 2017/2018 da World Sailing.

Na Nacra 17, João Bulhões e Gabriela Nicolino terminaram em nono lugar, com 92 pontos perdidos, logo à frente de Samuel Albrecht e Bruna Martinelli, que ficaram em décimo (99 p.p.). O ouro foi para Ruggero Tita e Caterina Banti, da Itália (32 p.p.).

Na RS:X Feminina, Patrícia Freitas acabou na nona colocação (78 p.p.), após ficar em oitavo lugar na regata da medalha. O ouro foi para a israelense Noga Geller, que venceu a prova e conquistou o título por um ponto de vantagem sobre a holandesa Lilian de Geus.

Foto: Sailing Energy




Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes