Guia da Copa do Mundo de Futebol 2018 - Grupo G

Por Bruno Bezerra

BÉLGICA


Cabeça de chave e tida como uma das possível candidatas a surpresa dessa Copa do Mundo, o treinador espanhol Roberto Martínez convocou as melhores opções possíveis por setor. Sem dúvidas, a principal ausência será a do atacante Cristian Benteke, que fez temporada irregular no Crystal Palace, ficando fora da lista final. Há também dúvidas em relação ao zagueiro e capitão Kompany, que se lesionou em amistoso contra o Paraguai e é dúvida para o mundial, tendo o experiente Laurent Ciman como possível backup em caso de ausência do jogador do Mancester City.

Provável time titular: Courtois; Vertonghen, Alderweireld, Kompany; Meunier, Witsel, De Bruyne, Carrasco; Mertens, Hazard e Lukaku

Kevin De Bruyne é um dos expoentes da tão famosa 'Geração Belga'

Expectativa: Eliminada pela Argentina nas quartas de final da última Copa do Mundo, os belgas chegam com boas expectativas para esse Mundial. Podem, dependendo do chaveamento, sonhar em retornar as semifinais do torneio após 32 anos.

PANAMÁ

Estreante, a seleção do Panamá chega com seus principais jogadores para a disputa do torneio. A grande maioria dos atletas atua em equipes da América Central, tendo poucos jogadores que jogam no futebol europeu. Apesar disso, a equipe conta com atletas experientes como o goleiro Jaime Penedo e o atacante Blas Pérez, mesclados com alguns atletas jovens no elenco.

Provável time titular: Penedo; Machado, Torres, Escobar, Davis; Godoy, Gomez, Bárcenas, Cooper, Rodríguez; Pérez

Expectativas: Mesmo com alguns atletas experientes, a seleção não deverá ir muito longe nessa Copa. Talvez, arrancar pontos de Inglaterra ou Bélgica e quem sabe, vencer a Tunísia, seriam resultados que entrariam na história da seleção.

TUNÍSIA


De volta a um mundial após 12 anos, a equipe da Tunísia conta com diversos jogadores que atuam no futebol europeu, muitos deles nascidos na França, mas filhos de imigrantes e assim como o Panamá, mescla jogadores experientes e mais jovens. Sem dúvidas, o grande destaque é o meio campista Kharzi, atualmente no Rennes e com passagem pelo futebol inglês.

Provável time titular: Mathlouthi; Bronn, Merlah, Ben Youssef, Maaloul; Sassi, Skhiri, Badri, Khaloul, Kharzi; F. Ben Youssef.

Expectativas: As expectativas não são tão otimistas e tal qual o Panamá, não deverá ir tão longe assim nessa Copa. Talvez uma vitória diante do Panamá e quem sabe, somar pontos diante de ingleses ou belgas, já seria excelente para a equipe africana. 

INGLATERRA

Após o vexame na última Copa do Mundo, onde foi lanterna do seu grupo e da eliminação para a Islândia na Eurocopa 2016, a Inglaterra buscou reformular quase que completamente seu elenco, mantendo jogadores destacados e dando oportunidades a novos atletas que surgiram no último ciclo. A convocação leva basicamente o que a Inglaterra tem de melhor, porém, com ausências inesperadas como a do goleiro Joe Hart, titular dos Leões na última Copa do Mundo. Com muitos jogadores jovens, os ingleses pela primeira vez em muitos anos, veem uma equipe qualificada e com reais chances de não decepcionar em um mundial.

Provável time titular: Pickford; Cahill, Stones, Maguire; Dier, Walker, Young, Lingard, Alli; Sterling e Kane
Harry Kane é uma máquina de gols e a Inglaterra necessita deles

Expectativas: As expectativas são otimistas, apesar da desconfiança. Espera-se que os ingleses disputem a liderança do grupo com a Bélgica e que dependendo do chaveamento, poderão sonhar em chegar pelo menos as semifinais, a qual não disputam desde 1990. 

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes