Copa do Mundo de Futebol 2018 - Dia 3

Quatro jogos movimentaram o dia de hoje, partidas válidas pelos grupos C e D. O primeiro jogo do dia foi entre França e Austrália. O jogo entrou para a história das Copas como o primeiro com uso do VAR (Árbitro de vídeo).


Aos nove minutos do segundo tempo, o juiz uruguaio Andrés Cunha pediu o VAR após ficar em um lance entre Ridson e Griezmann. Após assistir o lance por vários ângulos, ele optou por marcar o pênalti, que o próprio Griezmann marcou. Três minutos após o gol francês, em um cruzamento da Austrália o zagueiro Umtiti inexplicavelmente pôs a mão na bola dentro da área. Pênalti indiscutível. Jedinak bateu e marcou. E A França veio ao segundo com ajuda da tecnologia mais uma vez. Pogba chutou forte a bola bateu na trave, e quicou dentro do gol. O Juiz não teve dúvidas pois um chip dentro da bola emite um vibração ao relógio dele para confirmar que a bola entrou. Fim de jogo, França 2 x 1 Austrália.

O segundo jogo do dia foi entre Argentina e Islândia. E em um jogo de ataque contra defesa,os argentinos pressionavam, tiveram 80% da posse da bola, enquanto os islandeses buscavam os contra-ataques. Aos 19 do primeiro tempo, Aguero teve uma boa oportunidade e marcou. Aí foi só a Islândia partir para o ataque que empatou o jogo, aso 23 minutos com Finnbogason, em um chute que Caballero rebateu. O segundo tempo a pressão argentina continuou e em um pênalti sofrido por Meza, a esperança reacendeu. Mas Messi cobrou e perdeu o pênalti. A pressão continuou, mas o empate se manteve.o goleiro Halldórsson foi eleito o melhor do jogo, com razão.

Peru e Dinamarca foi o terceiro jogo do dia, e os peruanos, que deixaram Guerrero na reserva, dominaram o primeiro tempo e tiveram um pênalti a seu favor- outro com a ajuda do VAR- que o meia Cueva desperdiçou, batendo por cima do gol. No segundo tempo, o ditado quem não faz leva entrou em ação em um contra-ataque dinamarquês, Poulsen recebeu em velocidade e tocou na saída do goleiro para abrir o placar. Guerrero entrou em campo, e comandou a pressão peruana pelo empate, inclusive quase marcando de calcanhar em lindo lance. Mas o placar permaneceu Dinamarca 1x0

Croácia e Nigéria fizeram o último jogo do dia e acabou sendo o jogo mais morno. A Croácia, mesmo sem jogar bem, não teve dificuldade em vencer a Nigéria por 2 a 0, a primeira partida do árbitro brasileiro Sandro Meira Ricci. No primeiro tempo, em um escanteio Rebic cabeceou no primeiro pau, Mandzukic não alcançou e a bola bateu em Etebo e entrou. No segundo tempo, o zagueiro Ekong abraçou Mandzukic e foi marcado pênalti, que Modric bateu e fez.

Amanhã teremos três partidas válidas pelos grupos E e F:

Costa Rica x Sérvia 9h
Alemanha x México 12h
Brasil x Suíça 15h

foto: Reuters

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes