Após série de casos de doping, Cazaquistão apela ao CAS sobre novo sistema de qualificação do levantamento de peso para 2020

O Cazaquistão, país com pior histórico de doping no levantamento de peso, irritou as nações rivais ao apelar para o CAS sobre o novo sistema de qualificação dos Jogos Olímpicos para o levantamento de peso.

Enquanto os países com um registro limpo de doping poderão enviar até oito atletas para Tóquio 2020, o Cazaquistão só vai enviar um máximo de 3, dois homens e uma mulher, por conta da alta frequência de casos de doping.

Nos últimos 10 anos, 36 vezes o Cazaquistão teve casos de doping no levantamento de peso dentro e fora das competições, incluindo as Olimpíadas.

Ilya Ilyin foi o nome mais proeminente entre os oito cazaques desclassificados depois que o Comitê Olímpico Internacional (COI) retestou amostras dos Jogos Olímpicos de 2008 e 2012.

Eles perderam cinco medalhas de ouro, duas delas ganhas por Ilyin, além de uma prata e uma de bronze por testes positivos de doping respectivamente.

O Cazaquistão é uma das nove nações que cumprem uma suspensão de um ano imposta pela Federação Internacional de Halterofilismo (IWF) por várias violações da regra.

Várias outras nações como Azerbaidjão e Rússia também estão enfrentando sanções.
Phil Andrews, presidente-executivo do USA Weightlifting, disse: "É incrivelmente decepcionante e frustrante que a federação do Cazaquistão tenha optado por apelar sobre o sistema de qualificação olímpica."

"A IWF fez um ótimo trabalho na proteção de atletas no novo sistema e colocou muito cuidado e reflexão nas mudanças.

"Eu acredito que eles têm os fundamentos legais para prevalecer.

"Nossa federação está firme com a IWF sobre esta questão."

Ainda não foi imposta uma data para a audiência mas a IWF está confiante que pode vencer o Cazaquistão na disputa.
Em um comunicado, a IWF disse que o principal objetivo de seu novo sistema radical era "proteger o esporte limpo" e apontou que o processo de qualificação havia sido aprovado pelo COI.

Foto:Getty Images


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes