Time Mundo vence a Founders Cup de surfe; Brasil fica com o vice-campeonato

Foi disputada no último final de semana a primeira edição da Founders Cup de surfe, que foi realizada na Surf Ranch, piscina de ondas artificiais criada por Kelly Slater na Califórnia (EUA). No sábado (5), os times Mundo, Brasil, Estados Unidos, Austrália e Europa, formados por três homens e duas mulheres, disputaram o classificatório, onde os três melhores avançavam para final no domingo (6).

Cada um dos três homens e duas mulheres de cada time surfaram duas ondas para a direita e duas para esquerda no sábado, e mais uma de cada no domingo. As maiores notas recebidas por cada um foram computadas para a equipe. As pontuações obtidas neste domingo tiveram maior peso para a contagem final.

Os times Mundo, Brasil e Estados Unidos avançaram para final e o Mundo faturou o título com 8 pontos no total, enquanto os brasileiros tiveram 7 e os anfitriões, 4. Slater ainda teve a chance de dar o troféu para os americanos na última volta, mas caiu da prancha. O Brasil por pouco não levou o título, após ótimas atuações de Gabriel Medina e Silvana Lima. Mas Filipinho toledo acabou caindo na última tentativa. Adriano de Souza, o mineirinho e Tainá Hickel, de 14 anos, completaram o time mundo. 

O time Mundo foi formado pelo taitiano Michel Bourez, pelos sul-africanos Jordy Smith e Bianca Buitendag, pela neozelandesa Paige Hareb e pelo japonês Kanoa Igarashi. Ele quase nem foi à final. Só conseguiu vaga na decisão ao superar a Austrália em um desempate. 

Este foi o primeiro torneio por equipes organizado pela WSL. A competição, realizada em caráter experimental, não conta pontos para o ranking do Circuito Mundial, que volta na próxima semana na Etapa brasileira em Saquarema (RJ)


foto: WSL/Divulgação

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes