Thiago André conquista o 7° lugar na etapa de Xangai da Diamond League


A segunda etapa da Diamond League aconteceu neste sábado (12) na cidade chinesa de Xangai, com catorze provas valendo pontos para a competição. Seis vencedores fizeram marcas que valeram a liderança do ranking mundial.

Masculino:

Na prova dos 1.500m, o queniano Timothy Cheruiyot venceu a prova com o tempo de 3:31.48, assumindo a liderança do ranking mundial. O etíope Samuel Tefera ficou em segundo (3:31.63) e o marroquino Abdelaati Iguider em terceiro (3:32.72). Único brasileiro no evento, Thiago André terminou em 7° lugar com o tempo de 3:35.40, sua melhor marca na temporada.

Em prova que foi decidida no photo finish, o britânico Reece Prescod venceu a prova dos 100m rasos com o tempo de 10.04, apenas um centésimo à frente do chinês Su Bingtian, 2° lugar, com o pódio sendo completado com outro chinês, Xie Zhenye, com 10.17. O americano Justin Gatlin e o canadense Andre de Grasse ficaram apenas em 7° e 8° lugares, respectivamente. Nos 110m com barreiras, a vitória ficou com o jamaicano Omar McLeod, que igualou a liderança do ranking mundial do americano Grant Holloway, com o tempo de 13.16, um centésimo à frente do espanhol Orlando Ortega, segundo colocado.

Nos 400m rasos, o bahamense Steven Gardiner venceu sua segunda prova consecutiva com o tempo de 43.99, batendo o recorde do meeting. Isaac Makwala, de Botsuana, ficou em segundo (44.23) e Abdalleleh Haroun, do Catar, em terceiro (44.51). Nos 800m houve dobradinha queninana, com Wycliffe Kinyamal vencendo a prova e batendo o recode de meeting com o tempo de 1:43.91, apenas quatro centésimos à frente de seu compatriota Jonathan Kitilit. O polonês Marcin Lewandowski completou o pódio (1:45.41).

No salto com vara, o francês Renaud Lavillenie e o polonês Piotr Lisek saltaram para 5.81m, com o francês levando a melhor pois precisou de apenas duas tentativas para saltar em 5.71m, contra três do polonês. O pódio foi completado pelo chinês Xue Changrui. E no salto em distância, a vitória ficou com o sul-africano Luvo Manyonga, que saltou para 8.56m, assumindo a liderança do ranking mundial. O chinês Shi Yuhao (8.43n) e o australiano Henry Frayne (8.15m) completaram o pódio.

Feminino:

Nos 200m rasos, a vitória ficou com a bahamense Shaunae Miller-Uibo com o tempo de 22.06, recorde do meeting, com o segundo lugar ficando com a holandesa Dafne Schippers (22.34) e a jamaicana Shericka Jackson em terceiro (22.36). Nos 100m com barreiras o pódio foi todo americano, com a vitória ficando com Brianna McNeal, batendo o recorde do meeting com 12.50, apenas dois centésimos à frente de Sharika Nelvis e seis á frente de Kendra Harrison.

Outra americana que venceu foi Dalila Muhammad, nos 400m com barreiras, com o tempo de 53.77, apenas um centésimo à frente da jamaicana Janieve Russell, com a canadense Sage Watson em terceiro (55.23). No salto triplo, a colombiana Caterine Ibarguen venceu a prova saltando para 14.80m e assumindo a liderança do ranking mundial. As jamaicanas Shanieka Ricketts (14.55m) e Kimberly Williams (14.35m) completaram o pódio.

No salto em altura, a vitória ficou com a russa Mariya Lasitskene, que está competindo como atleta neutra. Lasitskene saltou para 1.97m, assumindo a liderança do ranking mundial. A búlgara Mirela Demireva ficou em segundo (1.94m) e a alemã Marie-Laurence Jungfleisch em terceiro (1.88m).

No arremesso do peso, a vitória ficou com a atleta da casa Gong Lijiao com a marca de 19.99m, também assumindo a liderança do ranking mundial. A jamaicana Danniel Thomas-Dodd ficou em segundo (18.70m) e a americana Raven Saunders em terceiro (18.63m). E no lançamento do daro, outra vitória de uma atleta da casa, dessa vez com Lyu Huihui, que lançou para 66.85m, recorde do meeting. A polonesa Marcelina Witek ficou em segundo (64.49m) e a turca Eda Tugsuz em terceiro (63.20m).

A próxima etapa da Diamond League acontecerá nos dias 25 e 26 de maio na cidade americana de Eugene.

Foto: Divulgação


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes