Susana Schnarndorf celebra o Open de Natação Paralímpica após mudança de classe funcional

A nadadora Susana Schnarndorf disputou pela primeira vez com sua nova classificação funcional, S4, o Open Internacional de Atletismo e Natação Paralímpicos. A competição aconteceu no Centro de Treinamento Paralímpico, em São Paulo, na última semana, de 26 a 28 de abril. Esta foi uma oportunidade para os nadadores se classificarem para o Parapan-Pacífico 2018, competição mais importante da temporada de natação, que ocorrerá entre os dias 9 a 13 de agosto, na Austrália.

No Open Internacional, Susana ficou em quarto lugar nos 200m livre e 50m costas nas finais A por ITC, índice técnico. “Só por conseguir nadar bem de novo, eu já estou muito feliz. Meu resultado foi melhor que o esperado. Mesmo havendo menos competidores nas classes baixas (S1 a S4), o nível é bem alto, então eu me sinto novamente competitiva”, falou a atleta, que completará 51 anos em 2018.

A gaúcha iniciou sua carreira no esporte convencional até que, em 2005, descobriu ter a doença degenerativa MSA (múltipla atrofia dos sistemas), que provoca gradativamente danos em todo o sistema nervoso. Antes de ingressar no Movimento Paralímpico, Susana participou 13 vezes do Ironman, prova mais dura do triatlo, além de representar o Brasil nos Jogos Pan-Americanos de 1995, em Mar del Plata.

Já na natação paralímpica, a gaúcha ganhou bronze nos 400m livre nos Jogos Parapan-Americanos de Guadalajara 2011. Em agosto de 2013, ela conquistou, pela classe S6, ouro nos 100m peito e bronze nos 400m livre no Mundial de Montreal, no Canadá. “Eu só paro quando todo meu corpo parar de funcionar! Quero continuar ativa e ir para minha última edição dos Jogos em Tóquio 2020”, afirmou Susana Schnarndorf.

Sua estreia em Jogos Paralímpicos foi em Londres 2012 pela classe S8. No entanto, sua medalha paralímpica veio nos Jogos Rio 2016, quando sua classe era S5. ganhou a prata no revezamento 4x50m livre misto com os demais nadadores Joana Neves, Clodoaldo Silva, Daniel Dias, Talisson Glock e Patrícia Santos.

Foto: Divulgação


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes