Jogos Sul-Americanos 2018 - Dia 2

O Brasil segue na segunda posição do quadro de medalhas após três dias de competição nos Jogos Sul-Americanos 2018, que estão sendo realizados em Cochabamba (BOL). Segue abaixo o resumo do dia dos brasileiros.

NATAÇÃO
Muitas medalhas também vieram no segundo dia de natação. Entre os homens, Kauê Carvalho ficou com o ouro nos 200m Borboleta, Guilherme Costa foi ouro nos 400m Livres e Gabriel Fantoni ganhou os 100m Costas. O Revezamento 4x200m Livres também levou o ouro.

No feminino, Gabrielle Roncatto foi ouro nos 400m Medley, Fernanda Goeij levou a prata nos 200m Costas e Beatriz Bizotti bronze nos 800m Livres.

GINÁSTICA ARTÍSTICA
O Brasil levou três medalhas na ginástica artística. Prata com Flávia Saraiva e bronze com Jade Barbosa no Individual Geral feminino e Ouro na competição por equipes.

BADMINTON
O Brasil faturou na segunda-feira o ouro na disputa de equipes mistas ao derrotar o Peru por 3-1 na partida decisiva. O Brasil foi derrotado apenas no confronto feminino. A peruana Daniela Macias venceu Fabiana Silva por 2 sets a 1 (15/21, 21/14 e 21/10). Artur Pomoceno e Luana Vicente venceram Daniel La Torre e Danika Nishimura por 2 a 0 (21/12 e 21/14) nas duplas mistas; Ygor Coelho venceu Diego Mini por 2 a 0 (21/9 e 21/14) no masculino. Na partida que definiu o título, vitória da dupla masculina brasileira. Ygor e Artur venceram José Guevara e Daniel La Torre por 2 a 0 (21/19 e 21/15).

VELA
Com um total de oito pontos perdidos, o Brasil, com a dupla Juliana Dias e Rafael Rizzato, foi a vencedora na classe Snipe. A dupla venceu três das oito regatas que disputou e nem precisou ir para a água na última prova. Com 14 pontos perdidos, os brasileiros ficaram com o título na Represa Corani-La Barca, no município de Colomi.

“A gente ficou muito feliz com o resultado e com a chance de defender o Brasil. O campeonato começou com vento mais forte, a gente não foi bem no primeiro dia e voltou da água em terceiro lugar. Mas no segundo dia fomos muito bem e hoje a gente conseguiu segurar (a liderança)”, afirmou Juliana, que também tem no currículo o título mundial feminino da Snipe, ao lado de Amanda Sento-Sé.

 A cerimônia de entrega das medalhas está prevista para a próxima quinta-feira, dia 31.

“É muito importante porque aqui não tem só vela, são vários esportes. A gente vê todo mundo se esforçando por uma medalha. E nós conseguimos”, afirmou Rafael .

LEVANTAMENTO DE PESO
Na classe até 48kg do Levantamento de Peso, Luana Madeira levou a medalha de prata e Emily Rosa ficou com o bronze.

JUDÔ
O judô conquistou quatro medalhas nesta segunda-feira na Bolívia: Prata com Robson Penna (60kg), David Lima (73kg) e bronze com Tiago Menezes (81kg) no masculino e Gabrielle Gonzaga (57kg) no feminino.

CARATÊ
Mais três medalhas foram conquistadas pelo Brasil no caratê. Prata com Hernani Verissimo no Kumitê até 75kg e bronze com Érica Carla no Kumitê até 61kg e Gabrielle Sepe até 68kg.

ESGRIMA
O primeiro ouro da modalidade para o Brasil veio no Florete Individual masculino, com Guilherme Toldo, que ganhou na final de Antonio Pina (VEN) por 15-10. Amanda Rodrigues levou a prata na Espada Individual feminina ao perder por 15-10 para Clara Isabel (ARG).

REMO
Nesta terça veio a segunda medalha no remo e também de bronze, com o Dois sem masculino, conduzido por Alison Eraclito e Evaldo Mathias.

RUGBY SEVENS
As equipes brasileiras venceram todos os jogos que disputaram nessa segunda. No masculino, as vitórias foram sobre o Paraguai (31-7) e a Colômbia (19-17). Na classificação, o Brasil está em quarto lugar com nove pontos, Já no feminino, as brasileiras ganharam do Uruguai (47-0) e do Peru (43-0). O Brasil está empatado em primeiro com a Argentina com 12 pontos. As medalhas serão definidas na terça-feira (29).

CICLISMO BMX
No Contrarrelógio do BMX, Anderson Ezequiel foi o terceiro mais rápido entre os homens, com o tempo de 29.006s, enquanto no feminino Julia Alves acabou na quarta colocação, com o tempo de 34.341s.

QUADRO DE MEDALHAS


    Ouro     Prata     Bronze      Total
Colômbia 18 15 12 45
BRASIL 16 11 15 42
Argentina 9 11 12 32
Venezuela 9 9 8 26
Chile 9 7 13 29

Foto: Rede do Esporte



Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes