Estrutura da etapa de Itapema do Circuito Mundial de Vôlei de Praia terá 2.600 toneladas de areia e 14 carretas de materiais

Uma grande estrutura está sendo montada em Itapema (SC) para que a cidade receba, pela primeira vez em sua história, o Circuito Mundial de vôlei de praia. A arena está sendo construída na Meia Praia, altura da rua 313, com um enorme aparato para oferecer as melhores condições aos  profissionais envolvidos.

Serão utilizadas em Itapema cinco quadras para jogos oficiais, além de duas quadras de aquecimento, cercadas por uma arquibancada principal e outras externas, totalizando 2.700 lugares para a torcida brasileira acompanhar de perto grande duelos da modalidade. A quantidade de areia também é expressiva: 2.600 toneladas, ou 1.700 metros cúbicos, para que os atletas possam praticar o vôlei de praia em alto nível.

O Brasil nunca deixou de receber uma etapa do Circuito Mundial desde sua criação, em 1989, sendo o maior vencedor do tour. Antes de Itapema, Brasília (DF), Fortaleza (CE), Guarujá (SP), João Pessoa (PB), Maceió (AL), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), Santos (SP), São Paulo (SP) e Vitória (ES) haviam recebido uma parada do tour. O diretor de vôlei de praia da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), José Virgílio Pires, comentou a expectativa para a competição, que pela primeira vez ocorre na região Sul do Brasil e receberá as melhores duplas do mundo. 


“É extremamente importante tornar o vôlei de praia itinerante, levando à diversas regiões do Brasil os melhores atletas do mundo, aproximando nossos ídolos em várias localidades. Tivemos uma excelente etapa pelo Circuito Brasileiro, com envolvimento da torcida local. É uma cidade turística que recebe muitos visitantes no verão, lindíssima e que acolhe muito bem. Estamos ansiosos, contamos com o apoio da Prefeitura e do Governo de Santa Catarina para que pudéssemos apresentar um grande evento”, declarou Virgílio.

O aparato para montagem das arquibancadas, construção das estruturas móveis e para material de jogo, como redes, cadeiras de árbitro e bolas, viajaram em 14 carretas para Itapema. A montagem das quadras e arquibancadas foi iniciada no dia 2 de maio e deve ser concluída neste sábado (12.05), com 60 pessoas trabalhando neste processo.

"Itapema possui lindas praias, porém a faixa de areia não comportaria toda a estrutura de arquibancadas, quadras e salas de atendimento. Por isso, optamos por um terreno ao lado do mar, em uma boa localização. Além disso, trouxemos areia de alta qualidade, atendendo ao padrão de ao menos 40 centímetros de altura, exigido pela Federação Internacional de Voleibol", destacou o gerente de eventos da CBV, Carlos Eduardo Gerônimo.

Durante a etapa, porém, o número de profissionais envolvidos deve atingir cerca de 180 pessoas entre árbitros, representantes da Federação Internacional de Voleibol (FIVB), médicos, fisioterapeutas, massagistas, seguranças, equipe de limpeza, equipe de alimentação, assistentes de quadra, atendimento aos atletas, profissionais de comunicação,  e membros da Confederação Brasileira de Voleibol.

A quantidade de atletas também é expressiva. Somando os torneios masculino e feminino são 174 jogadores e 87 duplas. Serão 28 países representados na competição, incluindo nove medalhistas olímpicos, campeões mundiais e pan-americanos. 

Foto: Divulgação


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes