Com nova treinadora, Brasil está escalado para o Mundial de Judô de 2018

A Confederação Brasileira de Judô definiu nesta quarta-feira (30), os judocas convocados para o Campeonato Mundial Individual e Por Equipes Mistas de judô que será realizado em Baku 2018 e anunciou a japonesa Yuko Fujii como nova técnica da seleção masculina. Será a primeira vez na história da modalidade no país que uma técnica mulher comandará a preparação dos homens rumo aos Jogos Olímpicos.

"A escolha da sensei Yuko Fujii para estar à frente da equipe masculina é um marco para o nosso esporte. É mais uma demonstração de que o judô está conectado aos princípios mais atuais de gestão. Independentemente de ser mulher ou homem, é a competência que fala mais alto. A meritocracia é o nosso principal critério, e a Yuko tem tudo para fazer um ótimo trabalho", disse o presidente da CBJ, Silvio Acácio Borges. 

Yuko chegou ao Brasil em 2012, a convite do Comitê Olímpico do Brasil e da CBJ, depois de auxiliar os treinamentos da seleção britânica de judô no British Judo Institute no período de 2010 a 2012. Desde então, ela vem trabalhando com judocas brasileiros de todas as classes, da base à equipe principal, focando nos fundamentos técnicos da modalidade para o alto rendimento. 

"Essa experiência que a Yuko adquiriu trabalhando no Brasil no último ciclo olímpico, especialmente com atletas da equipe de transição entre as classes júnior e principal, fez com que ela conhecesse muito bem o judô brasileiro. Ela está totalmente preparada para assumir a seleção adulta neste momento", pontuou Ney Wilson Pereira, gestor de Alto Rendimento da CBJ.

No comando apenas da equipe sênior masculina, a japonesa trabalhará ao lado do coordenador Luiz Shinohara com o desafio de classificar os brasileiros para os Jogos Tóquio 2020 e ir em busca de medalhas na competição olímpica, que acontecerá no país que é o berço do judô e também da treinadora. 

Antes disso, o Mundial de Baku será o próximo grande compromisso da seleção, marcado para o período de 20 a 27 de setembro.

"Ser a técnica principal é grande responsabilidade, especialmente com a equipe brasileira, que tem histórico de resultados. Hoje, nós temos uma equipe forte e dedicada. Estou empolgada com esse grande desafio, junto com os atletas, com os técnicos dos clubes, com o COB, com a CBJ, enfim, com todos que nos apoiam. Assim, como uma equipe, como um time Brasil, nós conseguiremos fazer grandes conquistas em Tóquio 2020. Finalmente, gostaria de agradecer, mais uma vez a confiança e a recepção do Comitê Olímpico do Brasil, da CBJ e dos atletas", ressaltou Yuko. 

Na preparação para o Mundial deste ano, ela acompanhará a equipe masculina em treinamentos internacionais no Japão e na Espanha, em junho, além de orientar os atletas no Grand Prix de Zagreb, em julho. 

Convocados - Campeonato Mundial de Judô - Baku 2018

Disputas individuais e por equipes: 

Seleção Masculina

Eric Takabatake (60kg/EC Pinheiros/FPJudo)
Phelipe Pelim (60kg/EC Pinheiros/FPJudo)
Daniel Cargnin (66kg/Sogipa/FGJ)
Charles Chibana (66kg/EC Pinheiros/FPJudo)
Eduardo Yudy Santos (81kg/EC Pinheiros/FPJudo)
Victor Penalber (81kg/Instituto Reação/FJERJ)
Rafael Macedo (90kg/Sogipa/FGJ)
David Moura (+100kg/Instituto Reação/FJERJ)
Rafael Silva (+100/EC Pinheiros/FPJudo)

Seleção Feminina

Gabriela Chibana (48kg/EC Pinheiros/FPJudo)
Érika Miranda (52kg/Sogipa/FGJ)
Jéssica Pereira (52kg/Instituto Reação/FJERJ)
Rafaela Silva (57kg/Instituto Reação/FJERJ)
Ketleyn Quadros (63kg/Sogipa/FGJ)
Maria Portela (70kg/Sogipa/FGJ)
Mayra Aguiar (78kg/Sogipa/FGJ)
Maria Suelen Altheman (+78kg/EC Pinheiros/FPJudo)
Beatriz Souza (+78kg/EC Pinheiros/FPJudo)

Convocados apenas para a competição por Equipes Mistas

Marcelo Contini (73kg/EC Pinheiros/FPJudo)
David Lima (73kg/Sogipa/FGJ)
Tamires Crude (57kg/Instituto Reação/FJERJ)


foto: CBJ/Divulgação

Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes