COB assina termo de compromisso conta o abuso sexual e moral no esporte

O presidente do Comitê Olímpico do Brasil (COB), Paulo Wanderley, assinou na terça-feira, dia 15, na sede do COB, no Rio de Janeiro, um Termo de Compromisso para Ações de Prevenção ao Abuso e Assédio Sexual e Moral no Ambiente Esportivo. A assinatura foi realizada em reunião de trabalho com o Ministro do Esporte, Leandro Cruz, e os presidentes das Confederações Brasileiras Olímpicas. O Ministério do Esporte aproveitou a ocasião para apresentar a Cartilha de Governança em Entidades Esportivas, lançada no início de abril.

A assinatura do Termo de Compromisso para Ações de Prevenção ao Abuso e Assédio Sexual e Moral no Ambiente Esportivo faz parte do Programa de Integridade do COB e se deu às vésperas do Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, no próximo dia 18. 

Também estiveram presentes ao encontro o vice-presidente do COB, Marco La Porta, o diretor-geral do COB, Rogério Sampaio; o secretário nacional de Futebol e Defesa dos Direitos do Torcedor, André Argôlo; o diretor do Departamento de Esporte de Base e de Alto Rendimento do Ministério do Esporte, Raimundo Neto; e o diretor do Departamento de Acompanhamento e de Políticas e Programas Intersetoriais de Esporte, Educação, Lazer e Inclusão Social, Rafael Azevedo. Os medalhistas olímpicos Emanuel Rêgo, Isabel Swan e Yane Marques representaram a Comissão de Atletas do COB na reunião.

“As ações propostas têm por objetivo a preservação da dignidade da pessoa humana e seus direitos fundamentais, tais como a liberdade, a intimidade, a vida privada, a honra, a igualdade de tratamento e o direito a um bom ambiente de trabalho, e de prática esportiva, sadio e seguro”, declarou o presidente do COB, Paulo Wanderley. “Assim como o COB assumiu o compromisso público de desenvolver ações efetivas para prevenção do abuso e assédio sexual no ambiente esportivo, solicito que as confederações também se engajem como forma de adesão para um trabalho em conjunto com o COB”, completou o presidente do COB.

Além do Termo de Compromisso, o COB elaborou uma cartilha, que foi distribuída aos presentes na reunião com informações e orientações para a prevenção do assédio sexual e moral no ambiente esportivo. Outra ação prática do COB neste sentido é a criação do Canal de Ouvidoria e Ética do COB, que estará aberto a partir do dia 22 para receber relatos de denúncias, reclamações e sugestões não apenas ligadas a questões de assédio e abuso.  

Foto: Ministério do Esporte


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes