Brasileiras conquistam o 4° lugar na etapa de Portimão válida pela Copa do Mundo de Ginástica Rítmica


Se na semana passada em Guadalajara (ESP), o Brasil obteve um quarto lugar no conjunto cinco arcos, neste fim de semana na etapa de Portimão (POR) válida pela Copa do Mundo, os resultados foram ainda melhores, com a equipe brasileira obtendo dois quartos lugares e Natália Gaudio também obtendo a mesma posição em uma prova individual.

No conjunto cinco arcos, o Brasil fez uma apresentação limpa, sem erros graves, melhorou em três posições em relação à etapa da semana passada, conseguindo a quarta colocação com a nota de 17.450. O ouro ficou com a China, que teve a nota de 19.150, a prata ficou com o Azerbaijão (19.100) e o bronze com a Finlândia (18.100).

No conjunto misto, o Brasil esteve ainda mais próximo de conquistar uma medalha. A equipe teve a nota de 17.400, a apenas três décimos do pódio. O ouro ficou com o Azerbaijão, que somou 18.500, com a prata dessa vez ficando com a China, que teve a nota de 18.250 e o bronze com a Finlândia com 17.700.

Na classificação geral dos conjuntos, o Brasil obteve a sexta colocação somando 31.300. O ouro ficou com a China, que somou um total de 36.750, com a prata ficando com a Finlândia (34.350) e o bronze com o Azerbaijão (33.650).

Outra brasileira que brilhou em Portugal foi Natália Gaudio. A capixaba de 25 anos chegou à final da prova da fita e conquistou o 4° lugar com a nota de 16.000, a apenas três décimos do pódio. O ouro ficou com a russa Mariia Sergeeva com a nota final de 17.700, quatro décimos à frente da japonesa Kaho Minagawa e o bronze ficou com a italiana Alessia Russo. Nas outras provas, Natália Gaudio ficou em 13° no individual geral, 14° no arco, 19° nas maças e 20° na bola.

A russa Mariia Sergeeva conquistou outros três ouros: Individual geral e as provas do arco e das maças. A israelense Nicol Zelikman conquistou o ouro na prova da bola.

Outra brasileira que participou das provas individuais foi Bárbara Domingos. Ela ficou em 26° no individual geral e nas maças, 27° na bola, 31° no arco e 14° na fita, sua melhor colocação.

Foto: CBG



Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes