Brasil leva um ouro e duas pratas na etapa de Huntington Beach do Circuito Mundial de Vôlei de Praia

Após o encerramento da temporada 2017/2018 do Circuito Brasileiro de vôlei de praia, no Superpraia em Brasília (DF) no fim de semana passado, as duplas brasileiras enfrentaram uma verdadeira “correria” para chegar na Califórnia, mais precisamente em Huntington Beach, palco de um torneio Quatro Estrelas do Circuito Mundial 2018. E o sacrifício valeu a pena, pois o evento rendeu, neste domingo (06.05) duas pratas e um ouro para o Brasil.

No torneio feminino as campeãs, de forma invicta, foram Bárbara Seixas e Fernanda Berti (RJ), que levaram a melhor sobre as compatriotas e atuais campeãs brasileiras, Maria Elisa e Carol Solberg (RJ). De virada, Bárbara e Fernanda venceram com parciais de 16/21, 21/15 e 15/9, em 53 minutos. O ouro em Huntington Beach foi o segundo da dupla na temporada. Antes, em fevereiro, elas também ficaram no lugar mais alto do pódio no Major de Fort Lauderdale (EUA).

“Nós decidimos entrar e nos divertir em quadra e focar em cada coisa que precisávamos fazer, sem dar muita importância aos erros. E esta postura fez a diferença. As duas equipes se conhecem muito, temos bastante informação umas das outras, e isto sempre dificulta as partidas. Nós temos sempre que nos adaptar porque a diferença está no detalhe, no vento, na areia. Optamos por jogar com bolas mais rápidas. Estamos muito felizes, mas isso é apenas o começo. Estamos nos esforçando para melhorar. A Fernanda jogou muito bem hoje, foi fundamental no segundo set e no tiebreak”, disse Bárbara Seixas.

Para chegar à decisão, Barbara e Fernanda derrotaram, na semifinal a dupla canadense formada por Sarah Pavan e Melissa Humana-Paredes, também no tiebreak (21/16, 12/21 e 15/12). Maria Elisa e Carol passaram pelas alemãs Chantal Labourer e Julia Sude por 2 sets a 1 (21/15, 21/23 e 15/12). A dupla da Alemanha acabou ficando com o bronze.  As campeãs levaram um prêmio de 20 mil dólares (70 mil reais), e somam 800 pontos, enquanto as vice-campeãs embolsaram 16 mil dólares (56 mil reais), e garantiram 720 pontos no ranking.

Outras duas duplas femininas do Brasil estiveram na disputa em Huntington Beach. Ágatha/Duda (PR/SE) que ficou em nono, e Taiana/Carol Horta (CE), que terminou na décima sétima posição.

Prata no torneio masculino
O Brasil também teve representante no pódio no torneio masculino. Depois de chegarem invictos na decisão, os atuais campeões brasileiros e mundiais, André e Evandro, acabaram sucumbindo para os holandeses Alexander Brouwer e Robert Meeuwsen. A dupla da Holanda, que foi medalha de bronze na Rio 2016, venceu a final contra os brasileiros por 2 sets a 0 (21/16 e 21/15), em 36 minutos.


Mais cedo neste domingo, André e Evandro venceram, na semifinal, os espanhóis Herrera e Gavira por 2 sets a 0 (21/19 e 24/22). O time da Espanha terminou com o bronze. E, a dupla verde e amarela, levou, com a segunda colocação, prêmio de 16 mil dólares (56 mil reais), e 720 pontos no ranking. Ainda estiveram na etapa mais seis duplas brasileiras: Guto e Vítor Felipe (RJ/PB) ficaram em quinto; Pedro Solberg/George (RJ/PB) e Saymon/Álvaro Filho (MS/PB) alcançaram o nono; Ricardo e Oscar (BA/RJ) conseguiram o décimo terceiro lugar; Alison e Bruno Schmidt (ES/DF) terminaram em décimo sétimo; e Luciano/Vinícius (ES), com a eliminação ainda no torneio classificatório, ficou em quadragésimo nono.

Foto: FIVB



Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes