Brasil faz primeiro treino visando estreia na etapa da Sérvia da Liga das Nações de Vôlei masculino

A seleção brasileira saiu do Rio de Janeiro (RJ) na segunda-feira (21.05) e, aproximadamente 20h depois, chegou a cidade de Kraljevo, na Sérvia, onde disputa a primeira etapa da Liga das Nações. Atento ao cuidado que é preciso tomar após uma longa viagem, o técnico Renan falou sobre a programação da equipe neste período que antecede a estreia, na próxima sexta-feira (25.05), contra a Sérvia, às 15h (Horário de Brasília).

“Desde o início tínhamos ciência que seria uma competição extremamente dura e até um pouco cruel na quantidade de viagens. Mas, de qualquer forma, vamos encarar isso da melhor maneira possível e, por isso, é sempre importante fazer um bom treino no dia da chegada aos locais para, no dia seguinte, já retomar a condição de treino coletivo e tático”, disse o treinador.

A equipe brasileira chega para a primeira competição do ano após apenas uma semana de treinos com o grupo completo e depois de realizar dois amistosos e conseguir duas vitórias sobre a China. Neste momento, o comandante já pensa em todo o restante da Liga das Nações.
“Todo jogo é muito importante. Essa é uma competição equilibrada e temos que começar bem. E, como é um grande e longo campeonato, sabemos que o planejamento é tudo. É uma competição extensa e o primeiro grande objetivo é a classificação para a Fase Final. Por isso, temos que ter a força do grupo e todos os atletas em condições de jogar a qualquer momento”, afirmou Renan.

O levantador e capitão da seleção brasileira, Bruninho, chamou atenção para a força do grupo já nesta primeira semana de Liga das Nações.

“A Servia é um time que já conhecemos bem e sabemos que eles vêm mantendo uma base muito forte. A Itália é um tradicional conhecido, que conta com a volta do Zaytsev e do Juantorena, o que a torna um adversário ainda mais difícil de ser batido. E a Alemanha tem novos jogadores, é o time que conhecemos menos, mas que sabemos que vai ser duro. Começar bem seria muito importante neste início de competição e vamos fazer de tudo para isso”, concluiu Bruninho.

A seleção brasileira conta, na Sérvia, com os levantadores Bruninho e William; os opostos Evandro e Wallace; os centrais Maurício Souza, Lucão, Isac e Éder; os ponteiros Maurício Borges, Lipe, Douglas Souza e Léo, e os líberos Thales e Murilo.

Foto: CBV


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes