World Taekwondo lamenta decisão da corte da Tunísia de proibir a participação de Israel no Mundial Júnior

A World Taekwondo lamentou profundamente a decisão de um tribunal tunisiano de proibir a participação de 4 atletas de Israel no mundial júnior de taekwondo.

Uma autoridade judicial disse que o tribunal proferiu sua decisão no início desta semana depois que o grupo tunisiano conhecido como Comissão Nacional de Apoio à Resistência Árabe e Oposição à Normalização e ao Sionismo processou o presidente da Federação Tunisiana de Taekwondo, Ahmed Gaaloul.

A porta-voz do procurador, Sofiane Selliti, disse a agência de notícias Tunis Afrique Presse que Gaaloul não poderia convidar os 4 atletas israelenses cujo os nomes não foram divulgados mas estavam na lista de participação do torneio.

Gaaloul afirmou que os atletas não tinham a documentação necessária para disputar o torneio.

A World Taekwondo emitiu um comunicado dizendo lamentar profundamente o ocorrido e acrescentou que como o esporte está no programa olímpico é fundamental respeitar os princípios da carta olímpica.

No comunicado a entidade acrescentou também que o esporte deve ser ponte entre culturas e povos e não uma barreira e que o que aconteceu em PyeongChang é uma grande prova de que o esporte pode unir nações.

Foto:Getty Images


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes