Técnico bicampeão mundial assume a seleção brasileira de Ciclismo BMX

O francês Thomas Allier, bicampeão mundial (1998-2000) e considerado um dos melhores treinadores de BMX Racing da atualidade, foi contratado para comandar a seleção brasileira da modalidade na preparação rumo a Tóquio 2020. O novo treinador foi apresentado a equipe na sexta-feira, 06 de abril, durante o início do projeto de preparação que contempla inicialmente intercâmbio permanente de atletas e técnicos brasileiros na cidade de Bordeaux, na França.

Thomas Allier já é bastante conhecido dos atletas brasileiros. Sua aproximação com a confederação começou ainda em 2012, durante uma clínica avaliativa de BMX realizada pela CBC em parceria com a União Ciclística Internacional (UCI), comandada pelo técnico francês. Na ocasião, Thomas já demonstrou interesse em realizar um trabalho mais efetivo e elogiou muito o potencial dos atletas brasileiros.

“Já faz bastante tempo que venho conversando com a confederação e aos poucos conseguimos amadurecer a ideia de desenvolvermos um grande trabalho juntos. Estou muito feliz de estar à frente de uma equipe com grande potencial e atletas muito talentosos como o brasil. Não será uma tarefa fácil, mas estaremos trabalhando em busca de uma evolução progressiva e constante dentro da modalidade”, destacou Thomas.

O treinador estará à frente da equipe brasileira durante a preparação para Tóquio 2020. O planejamento foi montado para trabalhar os atletas tanto no Brasil, como na base que será montada na cidade de Bordeaux, na França, visando uma melhor proximidade com os principais eventos internacionais, além da troca de experiência diária com outros pilotos que disputam o circuito mundial.

Projeto intercâmbio
A seleção desembarcou em Bordeaux na última sexta-feira, 6 de abril, com os pilotos Julia Alves, Paola Reis e Renato Rezende. Anderson Ezequiel e Priscilla Stevaux também estão selecionados e integram o projeto nas próximas semanas.

O programa de intercâmbio é uma iniciativa da CBC, em parceria com o COB, e será permanente, contemplando também a participação e capacitação de técnicos brasileiros. Os atletas inicialmente irão passar por avaliações e durante todo o período serão acompanhados de perto pela confederação.

Ana Claudia Stipanich, membra do Departamento de Alto Rendimento da CBC, que também está na França, estará coordenando a ação e auxiliando os atletas e técnicos durante todo o período de preparação.

“A chegada do Thomas e a inclusão do intercâmbio permanente na disciplina do BMX Racing faz parte de uma estratégia em conjunto da CBC e do COB pensando no desenvolvimento da modalidade. Estarei pessoalmente cuidando de cada detalhe e oferecendo o suporte necessário para os nossos atletas”, declarou Ana Claudia.

Os próximos objetivos da seleção brasileira de BMX Racing serão as etapas da Copa do Mundo de Papendal, entre 05 e 06 de maio, na Holanda, e Zolder, entre 12 e 13 de maio, na Bélgica, e o Campeonato Mundial, entre os 05 a 09 de junho, em Baku, no Azerbaijão.

Foto: Divulgação


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes