Scheffer quebra recorde sul-americano e campeã olímpica brilha no primeiro dia do Troféu Brasil de Natação

O primeiro dia de competições do Troféu Brasil de Natação não poderia começar melhor. Nesta terça-feira (17), Fernando Scheffer quebrou o recorde brasileiro e sul-americano nos 400m livre. Além do atleta do Minas, o revezamento do 4x100m livre do Pinheiros estabeleceu uma nova marca da competição.

A prova em que Scheffer brilhou abriu às finais. Depois da prova feminina, o garoto do Minas nadou os 400m livre para a marca de 3m49s06. A antiga marca era de Brandonn Almeida (3m49s56). A medalha de prata foi conquistada por Luiz Altamir Lopes Melo, do Pinheiros, com 3m50s51, e o bronze com Giuliano Rocco, também do Minas, com a marca de 3m50s86.

“Eu já estava nadando para esta marca e fico muito feliz. Começar o ano desta maneira é muito importante e estimulante para o restante da temporada. Meu objetivo é me classificar para o Pan-Pacific e acho que consegui. Estou contente por isso”, disse.

Outro atleta da nova geração brilhou na sequência da competição. Vinicius Lanza conquistou a medalha de ouro ao nadar os 100m borboleta com o tempo de 51s42, melhorando seu tempo da manhã em mais de um segundo. Iago Amaral obteve a prata (52s09) e Henrique Martins (52s28) com o bronze.

“Essa marca de 51s já estava me incomodando. Graças a Deus consegui fazer um tempo muito bom e segui umas dicas do Kaio (Márcio). Ele me disse pra raspar o cabelo, raspei e deu certo. Meu objetivo é o Pan-Pacific e estou perto disso”, falou.

Uma das principais estrelas da competição foi destaque logo em seguida. A lituana Ruta Meilutyte, campeã olímpica em 2012, foi a melhor nos 100m peito feminino. A atleta do Flamengo nadou na casa dos 1m07s35. Macarena Ceballos, do Minas Tênis Clube, ficou com a prata com o tempo de 1m07s76 e Julian Sebastian, da Unisanta, obteve o bronze com a marca de 1m07s93.

“Gosto de vir ao Brasil. É a primeira vez que retorno depois da Olimpíada e me sinto muito bem por aqui. É um lugar maravilhoso, com pessoas muito profissionais e incríveis de trabalhar”, concluiu.

Para fechar as finais A do dia, o forte revezamento do Esporte Clube Pinheiros, formado por: Cesar Cielo, Gabriel Santos, Breno Correia e Pedro Spajari, terminou os 4x100m livre para a marca de 3m14s31 e estabelecendo o novo recorde de campeonato. A equipe do Minas ficou com a prata e a Unisanta com o bronze.

Foto: CBDA/Divulgação


Postar um comentário

Copyright © Surto Olimpico. Designed by OddThemes